Senhor de 91 anos com câncer já costurou mais de 8 mil gorros para desabrigados

Enquanto luta contra o câncer de pele, Morrie Boogaart, um senhor de 91 anos, faz gorros para moradores de rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele já confeccionou mais de 8 mil gorros. “Eu já perdi as contas… Parei de contar quando passei dos 8 mil”. “Eu os faço para quem precisa de gorros”.

Morrie vive no Lar para Idosos Cambridge Manor, em Grandville, nos Estados Unidos.

Ele aprendeu a tricotar os gorros em 2001, com a filha, Karen Lauters, quando passou um tempo na casa dela se recuperando de uma cirurgia.

Tudo o que ele mais deseja é ser útil para pessoas que estão em uma situação tão grave ou pior que a sua. “Ajudar as pessoas é que me motiva a continuar. E me sinto bem tecendo os gorros”, diz sorrindo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

+Um médico que tricota gorrinhos para os bebês que ele fez o parto

Veja no vídeo abaixo como ele faz os gorros (em inglês):

awebic-morrie002 awebic-morrie003 awebic-morrie004 awebic-morrie007 awebic-morrie008

Com informações do SóNotíciaBoa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,645,514SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cabra que sofre de ansiedade só fica calma com fantasia de pato

É só vestir a fantasia de pato que a cabra Polly fica "zen e relaxada".

[VÍDEO] Aula da pesada! Professor viraliza ao ensinar o alfabeto ao som de heavy metal; assista

Você deve ter tido ou ao menos ouviu falar de professores que ensinam seus alunos usando música. Com Nick Harrison não é diferente! O...

Mãe e filhas criam projeto para incentivar meninas negras a construírem sua autoestima a partir da valorização de suas origens

Toda mulher merece celebrar sua individualidade e originalidade. Para isso, é fundamental que elas tenham consciência de sua força e do seu poder. A autoestima...

‘Quero ajudar a universidade a quebrar paradigmas’, diz primeira professora trans da UFRJ

Dani Balbi foi admitida recentemente como professora na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), se tornando a primeira docente trans da instituição de...

Projeto dá visibilidade a trabalho de artistas de rua de SP

Iniciativas que enxergam o potencial artístico e cultural dos artistas de rua e divulgam o seu trabalho são importantes para a valorização do seu...

Instagram