Senhora de 101 anos quebra recorde da mulher mais velha a terminar uma corrida nos EUA

Não é à toa que a norte-americana Julia Hawkins possui o apelido de “furacão”. O recorde que ela bateu fala por si só. A idosa participou do National Senior Games, em Birminghan, Alabama (EUA), em julho. Ela completou os 100 metros da prova em 40,2 segundos, atingindo a incrível marca de seis segundos a menos do que o recorde mundial anterior para mulheres com mais de 100 anos de idade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Ouça essa matéria! Clique no play acima!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Julia “Furacão” Hawkins também é a mulher mais velha a competir no USA Track and Field Outdoors Masters Championships (USATF). Competitiva, Hawkins disse que quase não conseguiu dormir de tão ansiosa que estava para competir.

“Eu perdi minha soneca para fazer isso”, disse ela à imprensa local.

A atleta sênior é viúva, mãe de quatro filhos e possui três netos e um bisneto. A adrenalina corre em suas veias, apesar da idade. Apaixonada por desafios, ela é fã de esportes que exigem bastante esforço físico, além da corrida, como pedalar. Sempre em movimento, nos momentos de descanso, ela pratica uma outra paixão: a jardinagem.

“Eu sempre estou fora de casa e o telefone sempre toca, e então eu vou correndo para dentro de casa. Foi assim que eu descobri que poderia correr”, disse Hawkins, em entrevista ao Huffington Post.

Outro apelido que lhe cairia bem é “liberdade”, afinal, só uma palavra como essa para explicar sua força de superação diante das limitações físicas que os anos trazem para qualquer pessoa. O corpo é de uma senhora, mas o espírito é de uma criança!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Instagram USATF/Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,225,343SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileiro ajudou a retirar água da caverna onde estavam presos meninos na Tailândia

O brasileiro Gui Brotto participou do plano para diminuir a quantidade de água na caverna de Tham Luang.

Doritos lança site para arrecadar fundos à casa que acolhe pessoas LGBTs expulsas de casa

Semana passada postamos que a Doritos lançou no Brasil tortilhas nas cores do arco-íris, com renda destinada à casa de acolhimento LGBT (veja aqui). E hoje...

Fotógrafo retrata casamento estonteante na Islândia

As fotografias de casamento continuam a se tornar cada vez mais e mais ousadas e espetaculares, as vezes posando na frente de um tornado ou...

Para ganhar uns trocados, homem deixa motoristas acariciarem seu gatinho no farol em SP

Já dizia o ditado: "Quem não tem cão, caça com gato." E foi exatamente isso que este homem fez. Para ganhar uns trocados no...

[VÍDEO] Menino tem reação emocionante ao descobrir que se curou do câncer

Benjamin, de sete anos, era só alegria quando a mãe chegou em casa com a notícia de que ele tinha vencido a batalha contra...

Instagram