Cientistas criam sensor que diagnostica zika com gota de urina e resultado sai na hora

Um estudo conduzido pelo Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), em Campinas (SP), levou ao desenvolvimento de um sensor capaz de atestar a doença da Zika a partir de uma gota de urina. O diagnóstico é rápido e efetivo, sem chance de “falsos positivos”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante a fase de modelagem, cientistas do CTI modificaram uma placa de circuito costumeiramente utilizada em equipamentos eletrônicos, como computadores. Com a ajuda de nanoestruturas recém-definidas, isolaram a proteína NS1, que é liberada pela Zika no corpo humano quando nos infectamos com a doença.

O teste é feito com a amostra do paciente – se ele estiver infectado, a presença da proteína fica visível em gráficos.

“Na maior parte dos testes hoje que existem, que seriam feitos com a proteína NS1 do Zika, devido à similaridade com a proteína da dengue, podem dar falsos positivos e falsos negativos, o que dificultaria exatamente a prescrição médica do paciente. […] Conseguimos identificar apenas Zika”, afirma Talita Mazon, pesquisadora do CTI.

Cientistas criam sensor que diagnostica zika com gota de urina e resultado na hora em Campinas (SP)
Teste usa urina em sensor desenvolvido no CTI Renato Archer, em Campinas, para detectar vírus da Zika com precisão. Foto: Toni Mendes/EPTV

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por conta dos altos níveis de imprecisão (e falsos positivos), alguns exames já existentes dificultam o correto diagnóstico do paciente. Com o advento do sensor, a proteína NS1 pode ser identificada desde o primeiro dia da infecção – um grande salto, já que ciclo do vírus termina até o oitavo dia.

“O nosso já foi testado em urina humana e pega pequenas alterações de sinais elétricos a nível de ligação química anticorpo-antígeno”, conta Talita Mazon.

Cientistas criam sensor que diagnostica zika com gota de urina e resultado na hora em Campinas (SP)
Talita Mazon analisa gráfico de identificação da proteína da Zika na urina humana. Foto: Toni Mendes/EPTV

Diagnóstico instantâneo

O equipamento precisa entrar em contato com uma gota de urina para demonstrar o resultado final, que aparece na tela de um computador ou telefone celular.

De acordo com especialistas, trata-se de uma tecnologia de baixo custo, que pode facilmente ser implantada no Sistema Único de Saúde (SUS) no curto prazo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Criado por pesquisador brasileiro, hidrogel de gengibre evita amputação em diabéticos

O sistema pode ser aplicado em um equipamento portátil de um hospital por cerca de R$ 450. “Poderia ser utilizada também em postos de saúde, sem a necessidade de equipamentos que precisam de pessoas especializadas para operarem. Então, sem a necessidade de equipamentos caros”, explica a pesquisadora Talita Mazon.

Cientistas criam sensor que diagnostica zika com gota de urina e resultado na hora em Campinas (SP)
Gota de urina é colocada em sensor que isola proteína NS1 para identificar vírus da Zika. Tecnologia foi desenvolvida por pesquisadores do CTI Renato Archer, em Campinas. Foto: Toni Mendes/EPTV

O mundo de olho

A descoberta do CTI, aqui no Brasil, repercutiu no mundo. Duas publicações científicas internacionais de peso reconheceram os méritos do dispositivo, uma delas do grupo Nature – a Scientific Reports -, que aceitou a metodologia da pesquisa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a mesma tecnologia, também é possível realizar o diagnóstico preciso de inúmeras outras doenças. “Agora nosso plano é desenvolver um sensor para dengue e para Chikungunya. A gente conseguiu ter um avanço”, explica a pesquisadora Aline Macedo.

Cientistas criam sensor que diagnostica zika com gota de urina e resultado na hora em Campinas (SP)
Aline Macedo Faria, pesquisadora do CTI Renato Archer. Foto: Toni Mendes / EPTV

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,977,926SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Advogado brasileiro de 19 anos é o mais jovem do mundo a ingressar no mestrado em Harvard

Mateus nem sempre o melhor aluno da turma, mas é o mais jovem do mundo a ingressar no mestrado em direito da Universidade de Harvard.

Jovem que estudava em casa sem energia e sem internet é aprovado em Medicina na Bahia

Matheus tem motivos de sobra para se orgulhar: após quatro anos de muito estudo e dedicação, ele foi aprovado em Medicina na Universidade Federal...

Com câncer raro, criança perde o movimento das pernas e ganha vaquinha para ter tratamento completo!

O Flavinho tem só 8 anos, mas uma bravura gigante, que a gente até se emociona! Ele sofre com um câncer raro em seu...

UberMeninas quer que filhas de motoristas parceiros façam carreira em tecnologia

Faz só três anos que a Uber chegou ao país, e milhões de brasileiros já fazem uso frequente da plataforma para ganhar dinheiro e...

Menina com autismo não verbal fala “Mamãe” pela 1ª vez

Os médicos disseram que havia a possibilidade de Taylor nunca falar.

Instagram