Seringueira se alfabetiza aos 71 anos e agora quer fazer faculdade

Nazaré Pereira tem 71 anos de idade e prova que, nunca é tarde para a gente ir atrás de nossos sonhos, construir uma outra realidade e dar novo sentido à vida. Isso porque, foi na última sexta-feira que ela completou o programa de alfabetização “Quero Ler”, do governo, em Cruzeiro do Sul, no Acre. Ela foi uma das 1,2 mil pessoas alfabetizadas pelo programa e fez da oportunidade, apenas o início do sonho. O próximo passo é fazer faculdade, já que ela pretende ser advogada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relacionado: Senhora de 94 anos se forma na faculdade: “Tenho muito mais a aprender”

Hoje, Nazaré já está aposentada, mas passou a vida trabalhando como seringueira. Em entrevista ao G1, ela disse que a vontade de saber ler e escrever sempre esteve presente em sua vida: “Nasci e me criei no seringal e nunca tive a oportunidade de aprender a ler. Mas, agora tive através do Quero Ler e não vou parar. Eu tinha muita vontade de aprender a ler, meu sonho era aprender a ler para ser advogada. Tenho fé em deus que ainda serei uma advogada”.

O investimento em educação é essencial para que possamos construir um Brasil mais justo e igualitário e, é com esse objetivo que este programa, que pretende erradicar o analfabetismo no Acre, surgiu. Até o final do ano mais de 60 mil acreanos serão alfabetizados. Nilo da Silva, de 75 anos, também trabalha desde os 8 anos como seringueiro e foi mais um beneficiado com o programa. “Fui criado no mato, não conheci meus pais. Passei a maior parte da vida cortando seringa e só agora depois de velho é que pude estudar. Já aprendi a fazer meu nome e outras coisas. Cheguei aqui na cidade há cerca de 15 anos, tive um derrame e ando com bengala, mas mesmo com toda a dificuldade aprendi muita coisa e já leio até a bíblia”, disse ao G1.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A cerimônia de formatura ocorreu no Teatro dos Náuas e contou com a ilustre presença do governador do estado, Sebastião Viana. Ele, que se orgulha do programa, diz que não tem como não se emocionar: “O coração da gente fica batendo mais forte, fica com esperança de um futuro melhor”. O programa teve início em 2016 e mais duas turmas irão se formar ainda este ano, uma em junho e, a outra em setembro.

Com informações de Só Notícia Boa

Fotos: Adelcimar Carvalho/G1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Em 45 anos, chinesa adota 47 crianças, a maioria com algum tipo de deficiência física

Aos 71 anos de idade, a chinesa Kong Zhenlan passou as últimas cinco décadas adotando crianças órfãs - a maioria com algum tipo de deficiência...

Nutricionista oferece aula a preço acessível e 100% do lucro será revertido para abrigo de animais

"É um jeito de manter vivo em mim o amor que eu ainda sinto pelo meu cachorrinho que partiu em Outubro, ele era o amor da minha vida".

Projeto distribui gentileza através de frases em garrafas

Um típico paulistano, o publicitário Alessandro Novello resolveu que queria fazer algo para inspirar e tornar o dia das pessoas mais positivo. “Gosto de tudo que é...

Esse ônibus, que é movido a cocô de vaca, acaba de bater o recorde de velocidade na Inglaterra

Isso mesmo que você leu: o “Bus Hound” é um ônibus produzido na Inglaterra e movido a cocô de vaca. Além de chamar atenção pelo...

Jornalista mostra o mundo ideal através de uma foto

A fotografia é uma arte capaz de revelar muitas ideias e sentimentos sem precisar usar palavras. Frank Somerville, um jornalista americano da emissora Fox News,...

Instagram