Servidora ensina inglês para colegas de trabalho no horário de almoço

Ter a fluência e o conhecimento de um segundo idioma, especialmente o inglês, pode fazer toda a diferença num mercado de trabalho cada vez mais competitivo e seleto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Segundo um levantamento da British Council – organização internacional do Reino Unido que atua no Brasil promovendo relações culturais e oportunidades educacionais – apenas 5% dos brasileiros sabem se comunicar no idioma. Destes, apenas 1% possui elevado grau de fluência.

Nesse cenário, surgem pessoas inspiradoras como a Bianca Yinli Wu Candido Rodrigues, servidora pública há nove anos da Urbam (Urbanizadora Municipal) e que trabalha na Secretaria de Mobilidade Urbana de São José dos Campos  (SP).

[Conheça a história da Liliane: Mulher, negra, periférica, que conseguiu uma vaga em uma das faculdades mais renomadas do mundo e criou uma vaquinha para custear os estudos, saiba como ajudá-la aqui.]

Há cerca de quatro anos, Bianca vira professora durante seu horário de almoço. Ela se oferece para ajudar seus colegas de trabalho a aprenderem inglês de graça, como faz a WeWork Paulista com os funcionários da equipe de limpeza, relembre aqui e aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Começamos entre as amigas do departamento e depois a compartilhar nossas aulas com todos os colegas da Secretaria. Cada uma de nós já tinha estudado inglês, em diferentes níveis, mas estávamos há muito tempo sem praticar”, conta Bianca.

“Como eu havia dado aulas por seis anos e tinha experiência com algumas metodologias de ensino da língua inglesa para brasileiros, me propus a ministrar as aulas, que têm o foco na conversação e são bem descontraídas”, completou.

Servidora ensina inglês para colegas de trabalho de graça durante horário de almoço

Bianca afirma que todo o material e atividades utilizadas por ela e seus alunos são disponibilizados gratuitamente pelo celular ou computador. “Assim, diminuímos o consumo de papel e nossas aulas tornam-se mais dinâmicas”, explica. No total, 21 funcionários da Secretaria de Mobilidade já participaram da atividade.

A professora de inglês aplica provas regularmente para testar o grau de aprendizado e aproveitamento dos participantes. As notas têm um toque especial.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Cada um faz o seu exercício teórico, corrigimos todos juntos e, ao final, cada um analisa o quanto conseguiu aproveitar na atividade e identifica os pontos a serem revisados. A nota sai na hora, geralmente em forma de doces, balas e chocolates.”

Estefânia Menezes Henrique e Isabel Cristina Braga trabalham com Bianca em um turno e estudam ao lado dela em outro desde 2015. Elas são consideradas as “alunas veteranas” da atividade.

“Já fiz curso de inglês antes, mas aprendi só o básico. Nas aulas, a gente sempre revisa a gramática e ela tira as dúvidas. Eu aprendo muito com a Bianca, ela tem muita experiência”, conta Estefânia.

Já Isabel conta que agora, ao ouvir músicas em inglês, consegue compreender boa parte da letra e adora aprender mais através delas. “A música me ajuda muito, e também é importante levar às aulas a sério, fazer as tarefas e trazer as dúvidas. Em todas as aulas, a Bianca faz uma integração, uma dinâmica, isso é muito legal e ajuda muito”, comenta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A educação é o maior legado que se pode deixar para um mundo melhor”, afirma Bianca. “Compartilhar o que eu já aprendi e ver que as pessoas que estão estudando comigo percebem a importância do aprendizado contínuo é o que mais me motiva. A vida é muito dinâmica, o tempo passa muito rápido e o que hoje sabemos, amanhã pode não ser mais suficiente para o nosso trabalho, para o nosso sustento, para a nossa sobrevivência, enfim, para o nosso convívio em sociedade. Portanto, convido a todos para se desafiar a aprender algo novo todo dia e deixar uma boa herança ao mundo”, conclui.

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui.

Leia também: 

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: SJC/Fotos: Lucas Cabral/PMSJC

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,640,029SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A reação que todos pais deveriam ter quando o filho sai do armário

Sair do armário não é fácil. O medo da reprovação de quem você mais ama parece valer o silêncio. Com tantas histórias de pais que...

Retratadas como deusas da amamentação, fotos exuberantes mostram mães e filhos

Por algumas razões ridículas, que geralmente é o julgamento de outras pessoas, algumas mulheres ainda sentem vergonha do ato da amamentação em público. A fotógrafa Ivette...

Rio indiano fica totalmente coberto por flores e as fotos são impressionantes

Um rio na vila de Kerala, na Índia, tem atraído muitos turistas para a região nessas últimas semanas. É que um fenômeno bastante incomum,...

LêComigo promove ação com entrega de livros em escola pública de São Paulo

A OSC LêComigo - Instituição sem fins lucrativos que tem como missão democratizar o acesso à leitura-, em parceria com a Escola Bairro das...

Cobrador de ônibus monta Game House para proteger crianças e adolescentes da criminalidade em Salvador (BA)

Se quem tem menos é quem mais oferece, o cobrador de ônibus Luiz joga nesse time – literalmente! Ele se reinventou e criou uma...

Instagram