1ª professora com síndrome de Down do país vira personagem da Turma da Mônica

Débora Seabra de Moura, considerada a primeira professora com síndrome de Down do Brasil, será homenageada pelo projeto Donas da Rua da História, da Maurício de Sousa Produções, projeto que enaltece mulheres revolucionárias do Brasil e do mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A educadora foi transformada em uma personagem com os traços da Turma da Mônica para uma mostra organizada pela Prefeitura de Natal (RN), cidade em que nasceu e cresceu.

Ao todo, 23 mulheres foram homenageadas pela iniciativa, como Malala Yousafzai, Tarsila do Amaral, Frida Kahlo, Carolina de Jesus e Emma Watson.

professora com síndrome de Down turma da mônica

“Débora Araújo Seabra de Moura foi a primeira pessoa com síndrome de Down, na América Latina, a concluir o curso de Magistério e é autora do livro ‘Débora conta Histórias’, de fábulas inclusivas”, explicou a Turma da Mônica, ao anunciar a nova personagem nas redes sociais.

Leia tambémConheça a ‘Galera do Click’, formada por fotógrafos com síndrome de Down e autismo

O post lembra também que Débora foi reconhecida mundialmente pelo seu trabalho em um painel na ONU, em Nova York, no Dia Internacional da Síndrome de Down.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

professora com síndrome de Down turma da mônica

O projeto Donas da Rua da História foi criado por Mônica Sousa — filha de Maurício que inspirou a protagonista dos gibis — e tem o apoio da ONU Mulheres.

“O projeto foi desenvolvido para trabalhar questões de inclusão e dar visibilidade e representatividade a mulheres fortes e determinadas que de alguma forma fizeram a diferença na sociedade, como a nossa mais nova homenageada, Débora”, disse Mônica, que é diretora Executiva da Mauricio de Sousa Produções, em nota enviada à imprensa.

Leia também: Professora transforma bar em escola e alfabetiza moradores de vila rural

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Universa/Fotos: Reprodução

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,752FãsCurtir
1,764,126SeguidoresSeguir
8,645SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram