Site afirma que casais que conversam tranquilamente sobre cocô são os mais felizes

Você conversa sobre cocô com seu namorado(a)/marido/esposa? Não? Deveria!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A lógica é simples: todos fazem cocô. Todos querem ser feliz. Logo, fale sobre coco com quem mais te faz feliz no mundo.

Mas sabemos que isso nem sempre acontece, que este pode ser um tema intocável para algumas pessoas. Falar de assuntos como esse torna a união mais relaxada, mais engraçada, e como falar que isso não é bom?

São conversas abertas e honestas, e é na reação de quem escuta que está o momento importante para cocô não ser mais um problema. Claro que ninguém é obrigada a travar imensas conversas sobre o tema, não é isso. Mas é compartilhar algo rotineiro de forma natural.

Um exemplo de diálogo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pessoa 1: “Oi, se importa se eu der um pulo no banheiro antes de sair?”
Pessoa 2: “Claro! Vou esperar lá fora. ”
Pessoa 1: “Oh, ele provavelmente vai ser de alguns minutos. Eu tenho que…”
Pessoa 2: “Fazer cocô?”
Pessoa 1: “Sim, eu tenho que fazer cocô. Então, espere do lado de dentro ou você vai pegar um resfriado. Não deve demorar mais de 10 minutos. ”
Pessoa 2: “Legal! Eu te amo.”

Cada relacionamento tem seus momentos difíceis, mas sentir-se desconfortável e desanimado toda vez que você sai do banheiro é um sentimento que vai arruinar o relacionamento. A conversa sobre cocô quebra barreiras e garante um nível de intimidade que poucas pessoas conseguem experimentar com outras em suas vidas.

Além disso, sentir vergonha sobre a coisa mais natural na Terra é apenas ridículo.

Mas como falar disso?

Comece com algo como: “Querida, eu te amo, mas o que você está prestes a ouvir e cheirar nos próximos 10 minutos pode mudar sua vida para sempre.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Confira mais uma amostra grátis de conversa:

Pessoa 1: “Meu Deus, eu não posso acreditar no que aconteceu lá dentro.”
Pessoa 2: “Haha, o quê?”
Pessoa 1: “Bem, vamos apenas dizer que vai ser um longo tempo antes de eu comer comida mexicana de novo.”
Pessoa 2: “Por que isso?”
Pessoa 1: “O burrito com uma porção dupla de feijão frito fez ao meu cólon o mesmo que Hitler fez à Polônia, em 1939.”
Pessoa 2: “Saquei! Bem, eu vou esperar alguns minutos antes de tomar um banho”.
Pessoa 1: “Pode querer levar 20 minutos.”
Pessoa 2: “Caramba”.
Pessoa 1: “Quer fazer sexo?”
Pessoa 2: “Talvez mais tarde.”

Fonte: Huffington Post

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cão solitário escapa de casa para abraçar seu melhor amigo

Audi atravessou a rua e foi recebido por Messy com um abraço afetuoso.

Motoboys se unem para presentear menino que teve sua bicicleta furtada em Porto Alegre (RS)

Um grupo de motoboys se uniram para comprar uma bicicleta nova para um garotinho que teve sua bicicleta furtada no bairro Hípica, na zona...

Professora cria ‘cãodomínio’ para proteger cães de rua do frio em Buri (SP)

Graças à iniciativa de uma professora, água, ração e aconchego não faltam mais para os cães que viviam nas ruas de Buri, no interior...

Um pai que acalma seu filho quando começa a cantar

Ano passado mostramos um bebê que chorou ao escutar sua mãe cantar pra ele, relembrem aqui. Mas hoje mostraremos um vídeo do oposto, nele um...

Instagram oferece ajuda para pessoas com “ansiedade” e “depressão”; saiba como

O objetivo da nova função é converter essas buscas, que podem gerar gatilhos, em suporte à saúde mental do usuário.

Instagram