Sobrevivente de atentado em Bóston se casa com enfermeira que o salvou

O atentado à Maratona de Boston, em abril de 2013, para o norte-americano James Costello, foi por um momento a pior coisa que lhe aconteceu. Porém, para aqueles que acreditam no destino, rapidamente, a tragédia se tornou a “melhor” coisa que lhe aconteceu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

James ficou com feridas dolorosas em todo o corpo, como consequências a explosão da bomba. Mas, durante a recuperação e na agonia, ele encontrou aquela que seria sua futura esposa: a enfermeira Krista D’Agostino, também norte-americana, que cuidou dele no hospital.

sobrevivente 3

Krista, que trabalhava no momento no Hospital de Reablitação de Spaulding, fez operações de enxerto de pele para uma rápida recuperação de James. Foi em meio a cirurgias dolorosas e fisioterapias que o casal se aproximou. No último final de semana, numa cerimônia com recursos doados por empresas locais, Krista e James se casaram.

O local do casamento, serviços, planejamento da data, vídeo e cocktail, foram todos providenciados. Os recém-casados agora estão indo para o Havaí, em lua-de-mel.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

sobrevivente 1 sobrevivente 8sobrevivente 2sobrevivente 5sobrevivente 4sobrevivente 7 sobrevivente 6

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,849,393SeguidoresSeguir
24,910SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Dez imagens para você continuar a ter razões para acreditar

Imagens valem mais que mil palavras. Ainda mais quando nos fazem recobrar a fé em um mundo melhor. Veja esses belos dez momentos capturados...

Isolado em casa, idoso de 76 anos realiza sonho de infância e aprende a tocar piano

Desde que tinha 14 anos, o seu Carlos sonhava em aprender a tocar piano. Hoje, aos 76 anos, isolado em sua casa, o idoso...

Irmãos filipinos criam lâmpada que precisam apenas de água salgada para funcionar

Além do mais, como as Filipinas são cercadas por água salgada, há uma fonte quase ilimitada de energia para manter as lâmpadas iluminadas ao longo da sua vida útil, prevista em seis meses.

Voluntárias confeccionam mantas para idosos de asilos

Um grupo de voluntárias confecciona mantas para idosos moradores de abrigos e asilos que não têm contato com seus familiares.

Lei proíbe comércio de peles de animais em São Paulo

Já é um atitude ilegal na cidade de São Paulo comercializar peças de vestuário como casacos de pele feitos com peles verdadeiras de animais. Trata-se...

Instagram

Sobrevivente de atentado em Bóston se casa com enfermeira que o salvou 3