SP promove 9ª edição da Virada Inclusiva com atrações acessíveis e gratuitas

Durante os dias 1, 2 e 3 de dezembro, mês que celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (3/dez), a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo promove a 9ª edição da Virada Inclusiva, trazendo uma programação inclusiva, acessível e gratuita para pessoas com e sem deficiência curtirem juntas atrações culturais, esportivas e de lazer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Organizada por parcerias entre órgãos públicos e instituições da sociedade civil, a Virada Inclusiva promoverá em todo o estado atividades em ruas, praças, parques, museus e teatros. No dia 1º de dezembro, das 9h às 14h, acontece no Parque Villa Lobos o ‘Projeto Pedalada de Atitude’, que levará pessoas com deficiência visual para um passeio de bicicleta, com acompanhantes sem deficiência.

No mesmo local, das 10h às 17h, acontecerá a Virada Kids com brinquedos inclusivos (gangorra e balanço inclusivo, que contam com espaço para cadeira de rodas e tirolesa e skate inclusivo, que terão equipamentos específicos para pessoas com deficiência física e intelectual). A atividade também estará no Parque da Água Branca, no domingo (2), das 10h às 17h.

A programação tem continuidade entre as 9h e as 13h, com a “Terapia com Animais”, em que crianças e adultos terão contato com animais, como coelho, jabuti, porquinho-da-índia, calopsita, bicho-pau, hamster e cães, utilizados no atendimento terapêutico de pessoas com deficiência. A atividade acontecerá no Gati Peti Terapia, na Rua da Paz, 978, Chácara Santo Antônio. Na parte da tarde, às 13h, na Praça das Artes, acontecerá a abertura oficial da Virada Inclusiva com a exposição “Direitos Humanos para quê? A Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência”, com painéis sobre os direitos da pessoa com deficiência. A mostra estará na Av. São João, 281 – Centro até o dia 11 de dezembro, de segunda a sábado, das 10h às 18h.

No Parque da Água Branca, das 15h às 16h, haverá a “Oficina de Bonecas Abayomi”, que resgata a história de mulheres africanas e propõe o fortalecimento e o reconhecimento da imagem dessas mulheres. Na oportunidade, os participantes poderão produzir as suas bonecas com tecidos retirados de camisas antigas. Outra opção no mesmo horário e local é o “Caminho Sensorial”, atividade que pessoas com e sem deficiência caminharão pelo parque com os olhos vendados recolhendo elementos encontrados no percurso (folhas, galhos, flores). Ao final, os participantes produzirão obras acessíveis. A mesma atividade acontecerá no domingo, às 14h. No final dia, às 20h, terá a apresentação da Orquestra Brasileira de Música Jamaicana no Auditório do Memorial da Inclusão, localizado na Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 564 – Portão 10 – Barra Funda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No dia 2 de dezembro, às 10h, terá início “Bicicletada Inclusiva” na Praça dos Ciclistas, uma oportunidade para pessoas com e sem deficiência utilizarem bicicletas convencionais, handbikes (bicicletas controladas com as mãos) e bike família (triciclo ou trenzinho). A partir das 10h, no Parque Villa Lobos, a Rede de Reabilitação Lucy Montoro promoverá aula de samba-rock com profissionais da instituição para pessoas com e sem deficiência. À tarde, das 14h às 15h30, o Museu do Futebol irá promover o “Futebol Acessível”, atividade para os visitantes conhecerem, vendados, os materiais acessíveis do museu como réplicas de bolas de 1900 e 1930, taça e escudos de times.

Na segunda-feira, dia 3 de dezembro, às 15h, o Museu da Imagem e do Som promoverá visita guiada à exposição “Quadrinhos”, que conta com diversos itens acessíveis para pessoas com deficiência visual, como textos em braile e recursos táteis, além de lupas, que podem ser retiradas na recepção. As vagas são limitadas e os ingressos gratuitos devem ser retirados com uma hora de antecedência. No mesmo horário será inaugurada a exposição da Rede de Reabilitação Lucy Montoro “Faces da Reabilitação” no Metrô Tatuapé. A mostra fotográfica foi produzida pela terapeuta ocupacional Tatiana Pedroso e registra o projeto “Visagismo e Automaquiagem”, uma iniciativa que trouxe vivências práticas de autocuidado dos pacientes em reabilitação.

O encerramento da Virada Inclusiva será às 19h com os shows do cantor Billy Saga e em seguida, às 20h, com Zeca Baleiro e banda no auditório Simón Bolívar no Memorial da América Latina. Os ingressos podem ser retirados gratuitamente com uma hora de antecedência.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito da foto: Reprodução/Facebook Virada Inclusiva

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,827,323SeguidoresSeguir
24,592SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Alunos dão rosas para funcionária que sofreu ofensas racistas

”Você é muito amada!”, disseram os estudantes enquanto entregavam rosas para a funcionária.

Bebê sorri para o pai após o parto: “acho que reconheceu minha voz”

“Eu pensei que sabia o que era um sentimento de amor verdadeiro, até olhar aquele sorriso mais sincero do mundo… foi [ali] que pude ter certeza do que é o amor”, disse o novo papai.

Amigas entregam chaves de suas casas para apoiar jovem que perdeu mãe

"Queremos que você saiba que sempre estaremos aqui, qualquer hora do dia ou da noite. Nossas portas estão sempre abertas para você."

Para conscientizar sobre a doença de perda de cabelos, mulheres posam nuas e carecas

Com inspiração vinda de modelos de calendário, essas pessoas tiveram a ideia de fazer um calendário um tanto único. Num estilo bem positivo elas...

Marca de cachaça democratiza consumo de cachaças premium na periferia de SP

Desde o dia 17 de maio, a marca de cachaças Natique está circulando por diversas regiões de São Paulo, do centro à periferia, com...

Instagram

SP promove 9ª edição da Virada Inclusiva com atrações acessíveis e gratuitas 2