Speedo não vai mais patrocinar Lochte após escândalo e doa parte da verba para ONG no Brasil

O nadador Ryan Lochte ficou conhecido no Brasil não por seus feitos como atleta das piscina, mas pela confusão gerada durante a Rio 2016 e isso começa a afetar seus contratos comerciais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A multinacional Speedo anunciou na tarde desta segunda-feira que está encerrando o contrato de patrocínio de mais de uma década de Lochte. E tem mais, a companhia decidiu doa US$ 50 mil de parte da verba que seria destinada ao atleta para uma organização não-governamental que atende crianças no Brasil.

No comunicado à imprensa, divulgado pelo site Estadão, diz:

“A Speedo USA anuncia hoje a decisão de encerrar o contrato de patrocínio de Ryan Lochte. Não podemos tolerar comportamento que é contrário aos valores que esta marca representa há tanto tempo”, explica a nota que reconhece que a companhia manteve, até o episódio, uma “relação vencedora com Ryan por mais de uma década”.

lochte4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No mesmo comunicado, a Speedo USA revela que doará US$ 50 mil (cerca de R$ 160 mil) do orçamento que seria dedicado ao nadador para projetos que atendam crianças no Brasil da ONG Save The Children.

Na nota, eles agradecem as realizações do atleta e deseja progressos ao nadador.

Fonte: Estadão / Foto: MARTIN BUREAU / AFP / GETTY

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Twitter adota licença paternidade de 20 semanas no Brasil

Esta é a forma de lutar contra estereótipos de gênero e dos papéis tradicionais dos pais na família.

Menino devolve para motorista garrafa que ele jogou no chão e ‘lição’ viraliza

Um menino de menos de dois anos viralizou nas redes sociais depois que deu uma pequena 'lição' para um adulto. Enquanto caminhava por uma calçada...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia do...

Canela pode ajudar no controle da diabetes, aponta estudo brasileiro

A diabetes ainda faz parte de um índice preocupante para a saúde pública no Brasil. São cerca de 16,8 milhões de adultos diagnosticados, além...

Unissex, plurissex: a moda sem gêneros

O debate sobre gêneros nas roupas não é de hoje. Vivienne Westwood, J.W. Anderson e Prada, já fazem uma análise dessa relação homem e mulher há...

Instagram