Starbucks inaugura primeira loja com atendimento em língua de sinais no Japão

É sempre bom enaltecer as empresas que estão engajadas na representatividade e inclusão de todas as pessoas. Dessa vez, foi a Starbucks que nos encheu de orgulho ao inaugurar a sua primeira loja no Japão com atendimento em línguas de sinais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Starbucks. Orgulhosamente servido em língua de sinais” Reprodução: Mothership

A loja foi inaugurada em junho e fica localizada na região de Kunitachi, no oeste de Tóquio. Ela conta com 25 funcionários com deficiência auditiva.

atendente starbucks com deficiência auditiva se comunicando
Reprodução: Google

Leia também: Starbucks inaugura loja operada por pessoas entre 60 e 65 anos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A rede de cafés tem mais outros quatro estabelecimentos também com atendimento inclusivo: duas na Malásia, uma na China e uma em Washington, nos Estados Unidos.

Reprodução: Google

Takafumi Mizuguchi, CEO da Starbucks Japão, descreveu a loja como um local onde seus parceiros e clientes com deficiência auditiva podem ser eles mesmos.

Ele também espera que quem visite a loja seja capaz de ganhar nova consciência.

A comunicação será principalmente através de sinais, escrita e apontando itens

Para fazer o pedido, os clientes podem apontar ou escrever no menu. Eles também podem falar em um tablet que traduzirá suas palavras em texto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Reprodução: Mothership

No entanto, se você quiser aprender algumas palavras simples, a loja também oferece telas digitais de saudações básicas em lingua de sinais.

Essas telas também mostram os números da fila de pedidos, bem como o sinal manual correspondente para cada número.

Fonte: Mothership

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uniformes e decoração inclusiva

Os funcionários da Starbucks também usarão aventais com “Starbucks” costurados em língua de sinais, bem como botons para que os clientes saibam como eles se comunicam.

Reprodução: Mothership

Tudo na loja foi pensado nos mínimos detalhes, até mesmo a escolha das artes nas paredes. Elas são do artista japonês Kado Hidehiko, que teve pais surdos.

Reprodução: Mothership

E, claro, em tempos de coronavírus, a segurança da saúde dos funcionários também é um item importante. Para evitar a aglomeração, os clientes recebem bilhetes com o número de seus pedidos indicando a que horas podem entrar na loja. Veja abaixo o vídeo de apresentação do sistema:

A gente também fica na torcida que nossas lojas Starbucks adaptem o atendimento para a lingua de sinais.

FONTE: Mothership

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,824,688SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Metaleiros realizam evento para arrecadar brinquedos para crianças de creche

Os metaleiros irão proporcionar um Natal com muitos brinquedos para crianças de uma creche.

Professor faz circuito de Educação Física com aluno cadeirante e o ajuda a cumprir toda a atividade

O Nilton Pontes é professor de Educação Física na UniNorte, em Rio Branco, no Acre e nos deu uma lição de respeito e empatia. Um...

Em vez de dormir, bebê dança ao ouvir canção de ninar e conquista web

Chyla Rae tem 11 meses e ainda nem anda direito, mas mostrou que tem muito gingado...e que não tem hora certa para dançar! A menina...

Restaurante colombiano organiza comedouro para alimentar cães abandonados

Uma ideia simples, mas que faz toda diferença na vida desses animais. Na Colômbia, o restaurante Carambola organizou um comedouro para alimentar cães de...

Em vídeo fofo, menino vende “obra de arte” da irmã para construir sua casa

Preocupado com a forte chuva que atingiu sua casa, Isaac fez o vídeo para vender o desenho da irmã.

Instagram