Ex-refugiada reencontra homem que cuidou dela 24 anos atrás


Twitter ajuda ex-refugiada a reencontrar homem que cuidou dela 24 anos atrás
PUBLICIDADE ANUNCIE

Já faz 24 anos, mas a ex-refugiada iraquiana Mevan Babakar jamais esquecerá o homem que conheceu durante o período mais turbulento da sua vida e de sua família.

Quando tinha apenas cinco anos, Mevan deixou tudo o que tinha para trás. Ela fugiu do Iraque com os pais durante a Guerra do Golfo (1990-1991), conflito militar responsável pela morte de 50 mil pessoas e 100 mil feridos (entre civis e soldados).

A menina foi parar em um campo de refugiados em Zwolle, na Holanda. Lá, um generoso rapaz que trabalhava no campo estendeu a mão em diversas ocasiões de necessidade, marcando-a para sempre.

Hoje, aos 29 anos de idade, Mevan finalmente teve a chance de agradecê-lo.

Twitter ajuda ex-refugiada a reencontrar homem que cuidou dela 24 anos atrás

A jovem tirou um ano sabático do trabalho como jornalista para refazer a jornada de sua família como refugiados. Isso incluía encontrar o homem do acampamento que a ajudou com comida, moradia e demais mantimentos à época.

Ela não tinha seu nome, o que tornava a tarefa de achá-lo ainda mais complicada. Mevan então recorreu ao Twitter, compartilhando a única foto que tinha do homem, explicando tudo o que ele tinha feito por ela, inclusive uma bicicleta comprada para a menina, antes dela partir. “Meu coração de cinco aninhos explodiu de alegria. Eu só queria saber o nome dele. Podem me ajudar?”, conclamou a jornalista.

Leia também: Crianças de comunidade carente de Curitiba são surpreendidas com lanche e agasalho na volta às aulas

Twitter ajuda ex-refugiada a reencontrar homem que cuidou dela 24 anos atrás

Milhares de usuários da rede social se uniram para ajudar Mevan a encontrar seu anjo da guarda. O tweet dela viralizou rapidamente e em apenas 24 horas, até jornais da Holanda estavam replicando o pedido de ajuda.

Outras pessoas mandaram mensagens para a jornalista afirmando que o mesmo homem e sua esposa havia os ajudado também.

Reencontro

Levou uma semana para ela finalmente encontrar o “rapaz do campo”, cujo nome é Egbert. Atualmente ele vive na Alemanha. Nos anos 90, o alemão ajudou centenas de refugiados iraquianos, da forma como podia.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Felizmente, eles estavam próximos o suficiente para se reunirem pessoalmente!

Twitter ajuda ex-refugiada a reencontrar homem que cuidou dela 24 anos atrás

“Ele estava tão feliz em me ver. Estava orgulhoso do que eu me tornei: uma mulher forte e corajosa. Ele disse que esse sempre foi o seu desejo para mim quando eu era pequena.”, escreveu Mevan em um tweet.

Leia também: Restaurante emprega refugiados e pessoas de baixa renda junto a ONGs

“Egbert achou que a bicicleta ou a comida dada à mim era um gesto muito pequeno para me marcar tanto, mas ele está realmente muito feliz por tamanho reconhecimento e por termos nos reencontrado novamente.”

Twitter ajuda ex-refugiada a reencontrar homem que cuidou dela 24 anos atrás

Mevan espera que sua história e os gestos nobres e gentis de Egbert mostrem aos outros que, “quando as coisas estão ruins e obscuras, há sempre inúmeros atos de bondade entre as pessoas que podem moldar uma vida inteira”.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Inspire More/Fotos: Reprodução/Twitter

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar