Ginasta que vendia cocada para disputar campeonato conquista ouro: “Estamos radiantes”

Após publicação no Razões, a história da Letícia comoveu os internautas, que decidiram ajudá-la com uma vaquinha online para ir ao campeonato Sul-Americano na Colômbia e voltar de lá com uma medalha dourada e outra de prata!


ginasta medalhas campeonato
PUBLICIDADE ANUNCIE

Quando contamos pela primeira vez a história da pequena ginasta Letícia dos Santos Nery da Silva, 8 anos, de Pinheiral (RJ), era para relatar o triste desabafo da mãe Mariana dos Santos Silva, 36 anos, de que não tinha conseguido o dinheiro da viagem para o campeonato Sul-Americano na Colômbia, mesmo com os esforços da sua pequena ginasta com a venda de cocadas. Relembre essa história aqui.

Mas, com a repercussão da história após publicação da matéria do Razões, em menos de 24h, através de uma vaquinha online que a própria mãe tinha lançado, elas conseguiram não somente bater a meta, como quase duplicá-la! 

Ajuda para campeão de jiu-jitsu que vende biscoitos para competir

Com pouquíssimos dias para o campeonato, a mãe comprou as passagens e deu a ótima notícia para todos os internautas que investiram nesse sonho! O campeonato teve início dia 3 de setembro, e encerrou ontem a noite, dia 8. 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

PUBLICIDADE ANUNCIE

Ajuda para campeão de jiu-jitsu que vende biscoitos para competir

Ginasta fatura ouro e prata no Sul-Americano 

Portanto, ontem à noite (08), recebemos a incrível notícia de que a Letícia faturou a medalha de ouro no trampolim sincronizado e a prata do duplo minitrampolim! Agora, a ginasta está classificada para o mesmo campeonato que acontece ano que vem na Bolívia. 

ginasta medalhas campeonato
Foto: Arquivo pessoal

“Estamos radiantes!”, comemorou a mãe ao Razões.  

Caminho difícil até chegar ao campeonato 

Mas, a compra das passagens não foi a única dificuldade que essa pequena campeã e sua mãe enfrentaram. Por conta do trânsito, elas não conseguiram chegar a tempo no primeiro dia do Campeonato. 

“Pegamos um engarrafamento muito grande na Dutra, e depois ficamos presas na imigração. Então perdemos o voo, e ainda gastamos com a remarcação de passagem. Chorei muito, mas no fim, deu tudo certo!”, contou a mãe. Ufa! 

Mãe, parabéns por acreditar no sonho da sua pequena ginasta e nós ficamos muito felizes, de verdade, que no fim, ela saiu ainda com duas medalhas! Isso, aí, continuamos acreditando sempre! 

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

razões para acreditar

 

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar