Jovem supera desemprego mudando de atitude e fazendo novas escolhas

A carreira que teve início como analista de atendimento não demorou a decolar.


Jovem supera desemprego mudando de atitude e fazendo novas escolhas 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

“Mãe solteira, desempregada e sem perspectivas”. Assim era a vida de Aline Pereira há 9 anos, pouco antes de receber o incentivo de um tio para se inscrever no Instituto Ser +.

“Eu me sentia desanimada, era uma menina sem experiência profissional e com medo do mundo. Era muito tímida, insegura. Naquela época, certamente, se alguém me desse uma oportunidade de trabalho não teria aproveitado a chance. Estava muito confusa, não sabia como lidar com os desafios da vida, como a gravidez inesperada”.

Mesmo sem muita convicção de que o curso indicado pelo tio poderia mudar o  destino dela, decidiu tentar. Frequentou o Instituto Ser + por cinco meses e ganhou outra visão sobre o futuro. “Foi como se uma janela tivesse se aberto sob meus olhos, percebi que é muito importante fazer escolhas, porque não é o mundo que escolhe o nosso caminho, somos nós mesmos que vamos construindo a nossa trajetória aos poucos, passo a passo.”

No final do curso, Aline teve a oportunidade de passar por um processo seletivo para trabalhar na operadora Nextel. “Não davam garantia de emprego, mas era uma chance. Fiz a entrevista e, felizmente, fui contratada. Passei a ganhar mais do que o dobro do que eu ganhava no trabalho anterior”, contou.

PUBLICIDADE ANUNCIE

A carreira que teve início como analista de atendimento não demorou a decolar. Em dois anos e meio, já era líder de loja. “Nunca poderia imaginar que um dia estaria liderando uma equipe, participando de reuniões importantes, tomando decisões.” Logo depois, Aline deu o segundo passo: entrou na faculdade e se formou em Gestão Comercial.

“Hoje, incentivo a todos para que não desistam de lutar, de encontrar um caminho. Incentivei meu filho também a fazer o curso no Instituto Ser +. Ele, que sempre foi um rapaz muito fechado e tímido, já está trabalhando, inclusive, fazendo apresentações de projetos para a diretoria da empresa. É maravilhoso vê-lo superar os próprios desafios. Acredito que faltam entidades que façam esse tipo de trabalho no Brasil, que estendam as mãos para quem precisa de oportunidade. Eu tive a sorte de encontrar quem estendesse as mãos pra mim. E sou muito grata por isso.”

Aline Pereira é ex-aluna do Instituto Ser +.

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar