Autista brasileiro monta réplica da Estátua da Liberdade com 1685 peças de Lego!

"Desde o seu nascimento ele vem superando desafios, desde o diagnóstico do autismo o coloco para desafiar seus limites. [...] Ele sempre supera minhas expectativas e faz meu coração transbordar de alegria", afirma a mãe, orgulhosa.


Autista brasileiro monta réplica da Estátua da Liberdade com 1685 peças de Lego! 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Após 5 horas e 35 minutos de extrema concentração, paciência, agilidade e raciocínio, Davi de Oliveira Garcia, 10 anos, que tem autismo, construiu uma réplica perfeita da Estátua da Liberdade utilizando 1685 peças de Lego!

Orgulho da mãe, Raphaella Jesus de Oliveira, de 33 anos, conta que o filho é a “prova viva de que ela tem as melhores razões para acreditar“.

“Desde o seu nascimento ele vem superando desafios, desde o diagnóstico do autismo o coloco para desafiar seus limites. […] Ele sempre supera minhas expectativas e faz meu coração transbordar de alegria”, afirma.

View this post on Instagram

QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA IMPOSSÍVEL ?? Venho mostrar pra vocês a réplica da Estátua da liberdade feita com Legos por uma criança Autista de 10 anos 🧩 Após 5 horas e 35 minutos de concentração, paciência, agilidade e raciocínio, Davi me fez chorar e ter a certeza de que ele é a prova viva no mundo de que tenho as melhores razões para acreditar. Desde o seu nascimento ele vem superando desafios, desde o diagnóstico do Autismo o coloco pra desafiar seus limites, hoje ele montou a réplica da Estátua da liberdade com 1685 peças de Lego 🗽 superando minhas expectativas e fazendo meu coração transbordar de alegria. Um laudo nunca será empecilho para seu desenvolvimento, diagnóstico não define destino e hoje mais uma vez venho dizer AUTISMO NÃO É O FIM 💙

A post shared by Rapha e Davi O Garcia (@daviogarcia06) on

View this post on Instagram

PUBLICIDADE ANUNCIE

Há três anos atrás no mês de Novembro estava indo pra uma audiência de conciliação após Davi sofre discriminação por ser Autista, uma pessoa que na época era próxima família o chamou de mongol, doente mental e retardado, aquilo me subiu uma ira muito grande, só sabia chorar e tremer, minha mãe como sempre um poço de mansidão começou a conversar comigo falando pra não dar ouvido pq meu filho não era nada daquilo e que doente é quem discrima uma criança, respirei fundo parei de chorar e continue com vida, um ano depois acontece a mesma coisa, essa mesma pessoa discriminou Davi só que dessa vez não me calei juntei todas as provas (mensagens) e fui a delegacia da criança e adolescente, registrei um B.O contra ela, lá mesmo abriram um processo contra, depois disso ela nunca mais falou nada comigo e nem ofendeu meu filho.. Se o seu filho já sofreu discriminação ou até mesmo você, não se cale, denuncie. Já chorei muito por ele sofrer preconceito por ser Autista e ser taxado de incapaz, hoje choro de emoção por essa conquista dele. O mundo precisa parar de preconceito e acreditar na capacidade da pessoas

A post shared by Rapha e Davi O Garcia (@daviogarcia06) on

Davi e Raphaella moram em Serra, no Espírito Santo. Eles já foram notícia aqui no Razões, quando a mãe publicou em seu Instagram um lindo relato sobre o filho ter ido à farmácia sozinho, enquanto ela o observava da varanda de casa, emocionada.

A publicação mexeu com muitas pessoas e, inclusive, ajudou outros pais de filhos com autismo. “Um laudo nunca será empecilho para seu desenvolvimento e diagnóstico não define destino [de ninguém].

Menino com autismo monta réplica perfeita Estátua da Liberdade
Raphaella e Davi. Foto: Arquivo pessoal

Leia tambémEngenheiro brasileiro lidera projeto que possibilitará diagnóstico precoce de autismo em crianças

Diagnóstico do autismo

Raphaella conta que o filho foi diagnosticado quando tinha seis anos de idade. Desde então, cada pequena conquista de Davi é celebrada com muito amor e devida importância, como o diálogo, já que até o ano passado, ele não falava.

“Isso me deixava assustada, com medo, apreensiva em não saber o que se passava com ele enquanto estava na escola ou na casa da babá, ficava agoniada. A fala ainda é embolada, mas ele agora conta como foi o dia dele. E isso pra mim, é mais que uma vitória, é ter ganhado na loteria, mesmo sem jogar!”, disse. 😭

Menino com autismo monta réplica perfeita Estátua da Liberdade
Muito amor e cumplicidade entre mãe e filho. Foto: Arquivo pessoal

Ela contou também que a rotina deles é bem puxada: durante a semana, Davi tem consultas com psicólogo, neuropsicólogo, fonoaudiólogo, entre outros, mas que tem aprendido e evoluído muito desde o diagnóstico.

Leia também: Garoto autista que sonha ser youtuber famoso ganha 20 inscritos e se emociona

“Os aprendizados são maravilhosos, ele tem ganhado mais independência e autonomia, isso é maravilhoso. Os desafios ainda são muitos, principalmente porque as terapias são em bairros diferentes, então, a correria para poder ir de um lugar para outro e chegar no horário é um pouquinho cansativo, mas o resultado é motivador.”

‘Legoterapia’

Davi é apaixonado por Lego. Brincar com as peças é algo terapêutico para ele. Mais do que apenas entretenimento, o brinquedo desperta sua criatividade.

“O Lego tem sido fundamental no desenvolvimento do Davi, ajuda muito na coordenação motora, no raciocínio lógico, na concentração, paciência e principalmente na fala. Toda vez que ele constrói algo, pergunto a ele o que fez, então, vou corrigindo os erros e estimulando o diálogo. Pergunto para que serve, vou elogiando e com isso dando mais motivos pra continuar a conversar”, concluiu a mãe.

Menino com autismo monta réplica perfeita Estátua da Liberdade
O Lego tem sido fundamental para o desenvolvimento de Davi. . Foto: Arquivo pessoal
Menino com autismo monta réplica perfeita Estátua da Liberdade
Além de entreter, com o Lego ele desenvolve a criatividade e o diálogo. Foto: Arquivo pessoal
Menino com autismo monta réplica perfeita Estátua da Liberdade
Raphaella costuma chamar o hobbie do filho de ‘legoterapia’. Foto: Arquivo pessoal
Menino com autismo monta réplica perfeita Estátua da Liberdade
O brinquedo ajuda Davi na coordenação motora, no raciocínio lógico, na concentração, paciência e, principalmente, na fala. Foto: Arquivo pessoal

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

 

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar