Rapaz preso injustamente ganhará kit completo de DJ para voltar a trabalhar


[EM EDIÇÃO] Rapaz preso injustamente ganhará kit completo de DJ para voltar a trabalhar
PUBLICIDADE ANUNCIE

Preso injustamente no dia 15 de janeiro, acusado de assassinar alguém que nunca viu, Leonardo Nascimento, de 26 anos, ficou na cadeia por uma semana, tempo que sua família levantava provas para atestar sua inocência.

Após ser solto, Leo se encontrou com a mãe da vítima, que alguns dias antes, o acusara formalmente de ser o assassino de seu filho. Num momento tocante, consolou a mulher, aceitou seu pedido de perdão e ficou em paz consigo mesmo.

Dez dias depois, à convite da Revista Extra, o artista Dennis DJ, que também havia tomado conhecimento da história, recebeu Leonardo, que também é DJ, para fazerem uma parceria nas picapes por um dia.

[EM EDIÇÃO] Rapaz preso injustamente ganhará kit completo de DJ para voltar a trabalhar
Leo abraça sua irmã, logo após ser liberado de presídio, onde foi preso injustamente. Foto: Reprodução / TV Globo
No entanto, o que o jovem não estava esperando era de que o encontro renderia muito mais do que algumas mixagens com o DJ mais tocado do Brasil (em streamings do Spotify). Ali, no estúdio de última geração do artista, Leo ganhou um “kit DJ” completo, com equipamentos novos para retomar sua profissão – e sua vida.

Leia tambémHomem preso injustamente condenado é libertado da prisão após 12 anos de prisão

“Eu estava com minha aparelhagem toda queimada. A única coisa que sobrou foi o notebook que eu comprei e fui consertando com o dinheiro do trabalho das festas lá do bairro. Eu não estou acreditando que isso está acontecendo. Às vezes, a gente passa por certas situações e não sabe o motivo. Lá na frente, descobre”, diz o jovem de 26 anos, emocionado ao receber o presente.

[EM EDIÇÃO] Rapaz preso injustamente ganhará kit completo de DJ para voltar a trabalhar
Leo ficou emocionado com o presente de Dennis “DJ”. Foto: Marcio Alves / O Globo
Dennis, hoje com 38 anos, conta que no início da carreira também passou por dificuldades. “Tenho um amigo que passou pela mesma situação que você, mas ficou oito meses até provar sua inocência. Hoje, ele me conta muitas coisas, e por isso eu digo que posso imaginar o que você passou”.

“É. Eu passei por poucas e boas na prisão… Foi muito difícil. A luta dos meus pais me ajudou a me manter vivo,” relembra Leo.

PUBLICIDADE ANUNCIE

[EM EDIÇÃO] Rapaz preso injustamente ganhará kit completo de DJ para voltar a trabalhar
Dennis DJ e DJ Leo juntos. Foto: Reprodução / Marcio Alves
O “restart” da sua vida, afirma, já começou. Até então, Leonardo vinha trabalhando como eletricista e fazendo outros bicos temporários. Agora, com o equipamento novo, poderá estudar em casa o equipamento e em breve, trabalhar com ele, com a ajuda e orientação de Dennis DJ.

[EM EDIÇÃO] Rapaz preso injustamente ganhará kit completo de DJ para voltar a trabalhar
Dennis “DJ” na adolescência. Foto: Acervo pessoal
“Eu comecei a fazer festinhas com 15 anos. Desde aquela época, quem tivesse os discos e o equipamento se sobressaía. Mas é tudo muito caro e as pessoas querem contratar um DJ que já tenha CDJ (Compact Disc Jockey, um aparelho com recursos próprios para utilização por DJs). Por isso, é importante ele tocar em casa, se manter em sintonia comigo e com outros caras para pegar dicas e nunca deixar de estudar.”

Leia tambémHomem preso injustamente vira advogado para corrigir erros da Justiça

Ao lado de sua mãe, Eliane dos Santos, e de seu pai, Jorge Benjamin, que provarão por conta própria a inocência de Leonardo, ele afirma: “depois de tudo o que aconteceu, decidi entregar minha vida para Deus. De repente, posso tentar carreira gospel. Vou treinar, estudar e ligar para o Dennis dizendo: “Tô pronto”.

[EM EDIÇÃO] Rapaz preso injustamente ganhará kit completo de DJ para voltar a trabalhar
Os dois DJs tocaram juntos em estúdio. Foto: Marcio Alves / O Globo
Para Dennis DJ, “o importante é o Leonardo não desistir”.

“Desistir [jamais]. Lá atrás, no início, passei por dificuldades também. Claro que nada comparado ao que ele viveu, mas pensei em largar tudo. Então, descobri que havia oportunidades como DJ produtor. E esse é um bom caminho para ele se dedicar”, afirma Dennis.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Revista Extra

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar