Primeiro estudante surdocego se forma na UnB e é licenciado em Libras

Uma conquista como a do Iury Moraes precisa ser comemorada e compartilhada. O jovem de 26 anos é surdocego e, mesmo com diversos obstáculos, conseguiu se formar em Letras, com licenciatura em Libras!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

surdocego se forma em letras

Por causa da pandemia, Iury não teve festa de formatura. O registro foi feito na sala de casa, onde ele mostra com muito orgulho o canudo que recebeu da mãe, Elemregina Moraes.

O jovem nasceu com catarata e surdez profunda congênita e ingressou no curso de Letras, em 2016. Ele também foi o primeiro estudante surdocego a entrar na Universidade de Brasília (UNB).

Iury e a mãe comemorando o diploma

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Arthur também é um menino incrível. Ele sonha em ser astrônomo e para conseguir comprar seu telescópio, vende empadas todos os dias. Contribua para a vaquinha dele!

Iury sempre estudou em escolas públicas de Brasília. Muitos dos seus colegas de classe, inclusive, não tinham nenhum tipo de limitação para audição e fala.

Ele diz que é importante ter pessoas com deficiência estudando em escolas regulares, pois isso força as instituições a promoverem políticas de acessibilidade e inclusão.

A diretora do Instituto de Letras da UnB, Rosana Rigota, conta que ter Iury entre os alunos trouxe alguns desafios para a instituição.

Iury se formou em licenciatura em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e português como segunda língua. Hoje, cerca de 30 surdos, três deles surdocegos, estudam no Instituto de Letras da UnB.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E Iury não quer parar por aqui. Agora que já tem seu diploma, ele quer fazer mestrado e doutorado. E quando alguém o pergunta sobre as dificuldades e se ele desistiria, a resposta é direta e firme: “nunca”.

É isso aí Iury! Parabéns pela conquista e não desista!

Para entender

Surdocegueira é uma deficiência que apresenta perdas auditivas e visuais simultaneamente e em diferentes graus. Ser surdocego não se trata da quantidade de visão e audição que a pessoa tem e sim, sobre o impacto combinado de ter mais de um comprometimento sensorial. Cada pessoa tem seu grau de perda auditiva e visual.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheça também a história do Arthur! Ele sonha em ser astrônomo e vende empadas para conseguir comprar seu primeiro telescópio! Faça a sua contribuição para a vaquinha!

FONTE: O Tempo

 

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,835,148SeguidoresSeguir
24,700SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ambev seleciona 50 ONGs para programa de mentoria em gestão

O programa VOA está com inscrições abertas até 21/02; inscreva-se.

Pai é impedido de ficar com filho na quimioterapia, então dança do lado de fora do hospital para alegrá-lo

A notícia que Aiden, de 14 anos, tinha leucemia, abalou muito o casal Chuck e Lori Yielding, de Fort Worth, no Texas (EUA). Eles buscaram...

Intervenções homenageiam negros que dão nome a ruas de SP

Talvez você passe todos os dias por essas ruas de SP e provavelmente não sabe quem são esses grandes nomes. Você sabia que Rebouças, Teodoro Sampaio, João...

Sandra Annenberg emociona a todos (de novo!) na despedida do Jornal Hoje

Emocionada, a jornalista Sandra Annenberg se despede da bancada do Jornal Hoje que comandou durante 16 anos. Ela passa a apresentar o Globo Repórter ao lado de Gloria Maria.

Instalação revela o poder metafórico de um único livro distorcendo um muro de tijolos

Para você, qual é o papel da arte na vida das pessoas? Para mim, a arte surge da necessidade de explicar a própria vida...

Instagram

Primeiro estudante surdocego se forma na UnB e é licenciado em Libras 2