Surfista salva turistas que estavam se afogando com a ajuda de filho de 5 anos

Graças ao pequeno Heitor, de 5 anos, dois turistas que estavam se afogando no Guarujá, litoral sul de São Paulo, conseguiram se salvar. Heitor estava com seu pai, o surfista Pedro Ivo Simioni, quando perceberam uma movimentação esquisita no mar, da praia da Enseada. Eles ainda estavam no raso e Pedro tinha acabado de amarrar a corda de segurança no pé de seu filho, quando viram as pessoas em apuros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relacionado: Menino de 6 anos salva primos gêmeos de se afogarem na piscina

“Eram três pessoas, dois homens e uma mulher. A moça acabou nadando para o fundo e não conseguiu voltar. Nisso, um dos rapazes foi atrás, e também não conseguiu. Daí, começaram a se debater na água, na tentativa de sair do fundo”, disse Pedro, que quando viu que eles precisavam de ajuda, desamarrou a corda do pé de Heitor e usou a prancha do garoto para alcançá-los.

Enquanto o pai se esforçava para salvar os turistas, Heitor saiu correndo para chamar a ajuda de um salva-vidas e, apesar da prancha ser infantil, com capacidade para aguentar no máximo 20 kg, foi ela que o levou até o fundo do mar: “Eu peso 70 kg, e estava em uma prancha de criança. Segui nadando e, quando cheguei nos dois, pedi calma. Eles se seguraram na prancha e a puxei pela corda”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neste instante, uma banhista que percebeu a movimentação, saiu correndo para alcançar uma viatura dos bombeiros que passava: “Quando os bombeiros entraram no mar, já estávamos chegando na praia. Então, jogaram o flutuador e terminaram de nos puxar”.

Pedro tem intimidade com o mar, surfa há mais de 30 anos e essa não foi a primeira vez que ele conseguiu salvar pessoas, mas afirma que essa foi a mais especial, pois contou com a ajuda especial do seu filho: “Eu vivo no mar desde pequeno, comecei a surfar com 9 anos. Já vi muita coisa dentro da água, e é gratificante tirar uma pessoa com vida depois dessa situação e encontrá-la bem. É um alívio indescritível. Quando estávamos indo embora, encontramos o pessoal, que nos reconheceu e pediu para tirar uma foto. Eles agradeceram a mim e ao meu filho”.

Felizmente, as pessoas se salvaram e passam bem. Esta é uma notícia que mostra a importância de estarmos atentos às coisas que se passam a nossa volta, podendo oferecer ajuda e até salvar uma vida, neste caso, duas.

Com informações de Só Notícia Boa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Pedro Ivo Simioni / arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

15 imagens de gatos que foram salvos por bombeiros

1. O gato Charlie foi resgatado de um incêndio num apartamento pelo bombeiro Jacob Lee de Bowling Green, Kentucky, EUA. 2. Este gatinho e dois...

Funcionários demitidos de hospital permanecem de maneira voluntária em Americana (SP)

Devido a uma determinação judicial, 12 dos 34 funcionários comissionados do Hospital Municipal de Americana, em São Paulo, foram demitidos e agora estão trabalhando...

Peixinho ganha “cadeira de rodas” e volta a nadar bem

Até parece enredo de filme, mas essa história é bem real e com final feliz! Um peixinho dourado não conseguia nadar reto, ele tinha uma...

Babá eletrônica registra o momento em que menino de 10 anos cuida de seu irmão bebê em plena madrugada

Uma das grandes vantagens em irmãos com bastante diferença de idade, é que além de não existir ciúmes, os pais podem contar com eles...

Mulher cria floricultura móvel e encanta o bairro de Copacabana (RJ) a bordo de um Fusca

Quem passa pela famosa Avenida de Copacabana, no Rio de Janeiro, pode acabar encontrando um fusca verde, de 1969, repleto de flores. Difícil será...

Instagram