Startup chilena lança ‘Delivery de Sabão’: recarrega embalagens para evitar lixo

Cada vez que o consumidor recarrega a embalagem, recebe uma recompensa em pesos (moeda local) que pode ser usada para pagar pelo produto ou acumulado para compras futuras.


Delivery de sabão recarrega embalagens para evitar lixo
PUBLICIDADE ANUNCIE

No bairro de Las Condes, em Santiago, no Chile, as embalagens de sabão líquido não são mais descartadas: ao invés de irem para o lixo, elas são literalmente recarregadas para reuso.

Nessa comunidade foi implementado o conceito de economia circular, patrocinada pela startup chilena Algramo.

Apesar da baixa escala da iniciativa (que conta com o ‘refil’ de apenas sabão e detergente), a ideia é se expandir e oferecer mais serviços ainda neste ano. Participam do projeto as marcas Omo e Quix.

A entrega do refil é realizada com o auxílio de um triciclo elétrico. O consumidor pode receber o produto na comodidade de casa gratuitamente ou levar a embalagem plástica até um posto de recarga, disponível em supermercados.

Delivery de sabão recarrega embalagens para evitar lixo

Delivery de Sabão com embalagem tecnológica

O cliente deve adquirir a embalagem apenas uma vez, no ato original da compra. Ela também é comercializada pela própria startup.

Ao contrário das embalagens comuns, esta em especial possui tecnologia semelhante ao RFID, isto é, capaz de identificar, rastrear e gerenciar produtos.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Quando o cliente recarrega a embalagem, seguindo o princípio da economia circular, ele recebe uma recompensa em pesos (moeda local chilena) que pode ser utilizada para pagar um refil futuro ou acumulado para outras compras.

Leia também:

Um outro ponto positivo do projeto é que ele ajuda a reduzir o desperdício, pois permite a compra de quantidades exatas de qualquer produto, o que pode ser interessante para famílias pequenas.

Apesar de inicialmente só haver produtos de limpeza disponíveis, a startup pretende vender ração para cães e gatos em breve.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Ciclo Vivo/Foto: Reprodução/Algramo

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar