Tartaruga sobrevive a incêndio graças a casco feito por uma impressora 3D

Clique e ouça:

Os avanços tecnológicos seguem a todo vapor, beneficiando não apenas o ser humano, mas os animais também. A tartaruga Freddy é uma prova “viva” disso!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Resgatado de um incêndio florestal aqui no Brasil por um grupo de cirurgiões conhecidos como “The Animal Avengers” (“Vingadores dos Animais”, em tradução livre), Freddy conseguiu sobreviver graças ao transplante de um casco feito por uma impressora 3D.

IMG-20160610-WA0019

O casco artificial foi projetado pelo designer Cícero Moraes a partir de fotos que ele tirou de Freddy. É a primeira vez que uma tartaruga recebe um casco totalmente reconstruído.

Confira:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

7EuysMG

IMG-20160610-WA0023

IMG-20160610-WA0018

tortoise-3d-printed-shell-freddy-insta

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

IMG-20160610-WA0022

IMG-20160610-WA0024

Com informações do Awebic

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,051,328FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,334SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Homem cria “restaurante” 24 horas para alimentar cachorros de rua

João Araújo mora em Palmas, no Tocantins e é gerente de uma loja de peças para motos. Ele sempre se preocupou com os cachorros de rua da...

“Eu quito!”, diz Tatá Werneck para seguidora que desabafou sobre dívidas na pandemia

A Tatá Weneck se ofereceu para pagar as dívidas de uma seguidora depois que ela postou um meme no seu Instagram. O meme é uma...

Jovem ‘zombada’ por vender sacos de lixo para ajudar a mãe não abaixa a cabeça

A estudante de enfermagem Clara Soares, 18 anos, vende sacos de lixo e panos de chão em Ceilândia (DF) para ajudar a mãe. Enquanto batia...

Instagram

Tartaruga sobrevive a incêndio graças a casco feito por uma impressora 3D 14