Sem turistas, tartarugas-olivas prosperam em praias indianas pela 1ª vez em anos

As praias litorâneas de Odisha, na Índia, estão experimentando o retorno em massa de milhares de tartarugas-olivas para o período de nidificação, quando elas constroem seus ninhos na areia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Abundante no Oceano Índico, a espécie vinha perdendo espaço para o turismo e para a caça desenfreada nas praias de Gahirmatha e Rushikulya Rookery, tendo dificuldades para se reproduzir ano após ano.

Com as medidas de isolamento social decretadas pelo governo indiano, as praias estão vazias – e limpas – permitindo que as tartarugas-olivas retornem para nidificar e prosperar sem que sejam atrapalhadas. 👏👏👏

sem turistas coronavírus tartarugas-olivas prosperam praias indianas
Foto: Reprodução/Twitter @DrAshJac

De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), as tartarugas-olivas são consideradas animais “vulneráveis” na natureza, devido principalmente à caça predatória, o comércio ilegal de ovos e a poluição por plástico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As costas da região de Odisha são hoje o maior local de nidificação em massa para a espécie – daí sua grande importância.

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Segundo a Organização para a Vida Selvagem de Odisha (OWO), quase metade de toda a população mundial de tartarugas-olivas chega às praias de Gahirmatha e Rushikulya Rookery para depositarem seus ovos.

Na madrugada do dia 22 de março, cerca de duas mil fêmeas deixaram o mar e nidificaram no litoral. É a primeira vez em anos que elas fazem isso sem a presença de humanos.

De lá pra cá, estima-se que outras 72 mil tartarugas-olivas tenham chegado no litoral para cavar ninhos e pôr ovos. Cada ninho hospeda cerca de 100 futuros filhotes após um período de incubação de 45 dias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Revista Pazes

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,913,523SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Família salva urso que nadava com plástico preso em sua cabeça

Fala aí! Se você visse um urso em perigo teria coragem de socorrê-lo? Foi isso o que fez uma família nos Estados Unidos ao...

Senhorinha de 91 anos emociona ao narrar como conheceu o amor de sua vida no trem

Na correria do dia a dia, a gente não se dá conta do tempo passando e por vezes estamos mais vidrados na tela do...

Mulher vê uma viúva chorando no restaurante e compra um buquê de flores para animá-la

A amizade entre duas pessoas independe da idade que elas tenham e as histórias vividas podem ser as mais lindas. A Brenda Collins publicou...

Cadeira movida a energia solar permite a pessoas com deficiência física curtirem o mar

Na Grécia, uma cadeira especial permite que pessoas com algum tipo de deficiência física possam entrar e sair do mar sozinhas. Não é incrível?...

Mesmo enfrentando doença rara de “ossos de vidro”, criança não perde a alegria de viver e recebe apoio para tratamento

O pequeno Joedson, 5, nasceu com uma doença rara chamada osteogênese imperfeita, mais conhecida como 'ossos de vidro'. Até hoje ele já teve 26...

Instagram

Sem turistas, tartarugas-olivas prosperam em praias indianas pela 1ª vez em anos 1