Empresa dá novo sentido à tatuagens de ex para incentivar adoção

O Dia dos Namorados (12/06) está chegando! A data é celebrada por muitos casais, mas nem tanto por quem está solteiro, obviamente, e menos ainda por quem terminou o namoro e possui uma tatuagem do nome do ex.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É comum algumas pessoas tatuarem o nome do namorado ou da namorada. Uma linda declaração de amor, porém arriscada. Afinal, e se um dia o namoro terminar? Claro, ele ou ela pode cobrir a tattoo caso isso aconteça.

Mas, em vez de ter esse trabalhão, que tal adotar um pet com o mesmo nome do ex-namorado? Assim, a tatuagem ganha um novo significado – com a garantia de que o amor dos bichinhos é para a vida toda!

Esse é mote da nova campanha da Petz: “Ame de Novo”. Partindo da ideia de que adoção, tatuagens e amor têm tudo a ver, a empresa convidou pessoas que queriam cobrir o nome dos seus ex-namorados para um encontro com pets que têm o mesmo nome.

O encontro aconteceu em um estúdio de tatuagem, sem que as pessoas soubessem o real motivo delas estarem ali: a adoção dos animais. Num passe de mágica, todas desistiram de cobrir a tattoo, que, de agora em diante, será uma demonstração de afeto pelo pet recém-adotado. Genial, né? 😉

Dá play:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

tatuagens-ex

tatuagens-ex

tatuagens-ex

tatuagens-ex

tatuagens-ex

Todas as imagens: Petz

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,752FãsCurtir
1,764,126SeguidoresSeguir
8,645SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram