Professor faz carro que ajuda crianças com deficiência a explorar o mundo


Professor faz carro que ajuda crianças com deficiência a explorar o mundo 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Em geral, crianças pequenas com um problema físico costumam ser carregadas no colo ou em carrinhos de bebê. Mas cadeiras motorizadas, que poderiam lhes conferir alguma independência, não existem nos magazines.

Galloway começou com cadeiras robotizadas de alta tecnologia, mas logo percebeu que seriam caras demais. Depois de testar algumas ideias, encontrou um substituto simples, barato e efetivo: os carros movidos a bateria vendidos nas lojas de brinquedo, que poderiam ser adaptados a necessidades individuais.

Inspirados nos carros de corrida, os modelos que ele modifica têm gaiolas de proteção bem acolchoadas que cercam as crianças, cintos de segurança integrais e controles personalizados.

O sucesso do programa, chamado GoBabyGo, inspirou Galloway e seu pessoal a criar um protótipo projetado do zero, chamado UDare2B, ou simplesmente Big Blue, por conta da galinha azul que serve de mascote à Universidade do Delaware.

O Big Blue pode parecer simplesmente outro brinquedo, mas, por trás de seu elegante exterior há uma missão muito séria. A carroceria em formato oval dá proteção integral e apoio físico para uma criança que não tenha desenvolvido controle muscular suficiente para dirigir.

Qual é a verdadeira recompensa? Crianças com limitações físicas que dependem dos outros para se mover experimentariam o entusiasmo de se deslocarem sozinhas, conhecendo o espaço, os objetos e as demais crianças em seus próprios termos.

Nas palavras de Galloway, “o ímpeto de explorar por meio do movimento e da mobilidade é parte profunda do que nos faz plenamente humanos”.

“A mesma alegria e empolgação experimentadas por dançarinos, músicos, astronautas e atletas pode ser vista em crianças que ganham o poder de se movimentar”, ele diz.

Qualquer entusiasta dos automóveis conseguirá compreender as possibilidades ilimitadas que a estrada aberta oferece. E essa atração pode surgir ainda mais cedo, afirma Galloway. “Os bebês adoram a aceleração”, diz.

PUBLICIDADE ANUNCIE

01 02 06 04 03 Cole Galloway Mobility Chairs 08 Baby Zamboni

Via Folha

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar