Telhados verdes podem ser a chave para o fim das enchentes

As enchentes que atingiram as grandes capitais e cidades do interior levantaram debates sobre a dificuldade do Poder Público em lidar com o problema.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É preciso reduzir o nível de impermeabilização das cidades, o que impacta diretamente a drenagem urbana. Em outras palavras, é necessário expandir as áreas verdes em todos os tipos de construções.

“A falta de áreas verdes reduz a capacidade de o solo absorver a água da chuva. Por isso, as construções precisam reservar áreas sem concreto deixando parte do lote permeável. Além disso, é fundamental armazenar água da chuva”, explica o engenheiro agrônomo João Manuel Feijó, diretor da Ecotelhado, empresa especialista em infraestrutura verde e design biofílico.

Telhados verdes captam água da chuva combate enchentes

A revolução da drenagem urbana não é algo recente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Em 1992, a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro, aprovou um documento com compromissos denominando a Agenda 21. Em teoria, as prefeituras deveriam estar comprometidas com ações para ampliar áreas verdes e captar água para reduzir as enchentes há muito tempo.”

De acordo com o engenheiro, “para conciliar natureza com a falta de espaço nas cidades, uma alternativa é ampliar a instalação de jardins e telhados verdes com cisternas para amortecer e captar água da chuva”.

Telhados verdes captam água da chuva combate enchentes

“No sistema convencional, a água escoa sobre telhas e vai direto para as ruas. Já com a cobertura verde, ela é recolhida e utilizada para a irrigação do próprio telhado e outros fins não potáveis, como jardinagem. O poder público pode ampliar os incentivos, como reduzir o IPTU, a quem investir em sistemas verdes como esse”, acrescenta.

Os telhados verdes e sua cobertura em casas e prédios são excelentes para estabilizar a temperatura ambiente, isolar acusticamente as residências e comércios, e oferecer maior conforto e umidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Telhados verdes captam água da chuva combate enchentes

Indiretamente, há economia de energia, redução das ilhas de calor nos centros urbanos e reaproveitamento de água.

A cidade também agradece com o aumento da biodiversidade e redução da poluição.

O telhado verde munido de bacia de amortecimento retém a água através de uma estrutura colocada abaixo da vegetação, formando uma bacia superior colocada sobre a laje.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Telhados verdes captam água da chuva combate enchentes

O excesso de chuva infiltra para a bacia de amortecimento e, lentamente, a água passa pelo tubo inferior de menor diâmetro. Além disso, quando a intensidade da chuva aumenta, a água passa a escoar também pelo tubo superior.

[O Espírito Santo é um dos estados mais afetados pelas chuvas. Criamos uma vaquinha na VOAA para ajudar moradores que perderam casas e comércios. Clique aqui e contribua]

[Nota da Redação]

A cada bebê que traz ao mundo, o médico Calixto Hueb presenteia a mãe com uma arvorezinha para que a criança cresça com ela. É um primeiro presente à família do recém-nascido e também uma contribuição valiosa do médico para a preservação do meio ambiente. Vem conhecer mais essa história, dá play no vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: CicloVivo/Fotos de capa: 1 – Ecotelhado; 2 – Facebook Record TV

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,609SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Morre Grumpy Cat, a gata mais ‘rabugenta’ e querida da internet

Os donos da gatinha Tardar Sauce, a "Grumpy Cat" da internet, informaram na manhã desta sexta-feira (17), que ela faleceu enquanto dormia. Grumpy Cat era...

Em vídeo emocionante, tenista nº 1 do mundo consola jovem promessa após vitória

A tenista Naomi Osaka, 21 anos, atual número 1 do Mundo no ranking WTA, não deu chances para a jovem estrela em ascensão Cori Gauff,...

Estudantes em Divinópolis (MG) criam perfil para informar e acolher mulheres vítimas de violência: “Assunto nunca é falado nas escolas”

O ‘Moça, você não está sozinha’ mostra a mulheres vítimas de violência que do outro lado tem alguém para apoiá-las!

Em Ruanda, orgasmo feminino é tão levado a sério que é considerado sagrado

Não é novidade que muitas mulheres passam praticamente toda uma vida fingindo prazer entre quatro paredes. Por incrível que pareça, o assunto ainda é...

Instagram

Telhados verdes podem ser a chave para o fim das enchentes 2