Tenente que perdeu a noiva no dia do casamento conta sua história em livro para ajudar outras pessoas

A dor não pode ser maior que o amor“. Não há, talvez, subtítulo melhor para definir um livro sobre a história de Flávio Gonçalves, o Tenente Bahia, e a pequena Sophia, filha dele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já falamos do Flávio algumas vezes aqui no Razões. Em setembro do ano passado ele perdeu a noiva, Jéssica, após ela falecer no dia que eles casariam.

Jéssica estava grávida e conseguiu dar a luz a Sophia. A pequenina e o pai receberam várias doações na época.

Recentemente, Flávio contou que doou todo o dinheiro que recebeu e ajudou outras pessoas mais necessitadas.

flávio e jessica
Flávio e Jéssica. Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um lar para Pérola, bebê que mora em hospital e foi adotada por sofrer maus-tratos. Conheça essa história e contribua para a vaquinha!

Rotina de Pai Solo

Desde o falecimento da noiva, Flávio tem se dedicado à rotina de pai solo. Ele compartilha a sua rotina com a pequena Sophia no Instagram e, sempre que é conveniente, fala da superação da sua dor.

Quando a Sophia ficou internada no hospital, começou a minha quarentena. As pessoas não podiam visitá-la, minha mãe só podia ficar meia hora e apenas uma vez por semana, e quem me ajudou muito nesse momento foi a avó materna”, comenta Flávio.

Ele disse que foi a partir daí que começou a escrever um diário, atualizando os outros familiares sobre a saúde da Sophia. Depois ele começou a escrever também tudo o que sentia, principalmente após a filha receber alta.

Flávio e Sophia. Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os depoimentos de Flávio chamavam a atenção de pessoas que também estavam com problemas. “Pessoas com depressão, que já até tentaram se suicidar, que perderam finanças, relacionamentos… Elas viam os meus textos como uma forma de ajuda e pensavam: ‘Se ele conseguiu seguir a vida, eu também posso’. Então, comecei a receber pedidos para colocar os textos em um livro. Foi algo de fora pra dentro, nunca tive vontade de escrever um livro. Aconteceu!“, conta o policial.

Flávio levou cerca de oito meses para concluir todo o livro. Ele disse que começou a escrever a história a partir do momento que Sophia recebeu alta. “Passei por momentos de muita cólica dela que eu passava as noites em claro. Então, comecei a usar esses momentos noturnos para escrever”, relembra.

sophia
Foto: arquivo pessoal

O livro reúne muitos textos do Instagram, conta um pouco da minha infância, de quando conheci a Jéssica, do nosso namoro, do dia em que tudo aconteceu, o que passou na minha cabeça, o que passa até hoje. Falo também de superação, de ressignificação… Antes era um amor de marido, agora, de pai. Falo sobre como encarei a paternidade e as minhas dificuldades“, explica Flávio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele sempre gosta de se definir como um “pai vivendo no universo materno”. E foi exatamente esse sentimento que Flávio quis levar para seu livro.

Ele fala sobre prematuridade e alerta sobre as condições de saúde dos bebês. Flávio se tornou membro da ONG Prematuridade.com e parte das vendas da obra, serão doadas para a organização.

Esse livro conversa com as mães e também com pessoas que estão passando por problemas muito difíceis e não sabem como lidar com eles. Temos que entender que, por mais que a gente tenha dores, elas não podem ser maior que o nosso amor pela nossa vida, amor pelos nossos filhos, pelo nosso trabalho… Por mais que as dificuldades existam, estamos vivos!”

livro Flavio
Foto: reprodução Instagram

Flávio diz que o livro também é uma homenagem à noiva. “A mensagem que quero deixar é que a dor não pode ser maior que o nosso amor. Precisamos viver com entusiasmo, ter inspiração na vida e em Deus. Escrevi muito sobre minha dor e, por trás das redes sociais, todo mundo tem problemas“, finalizou.

O livro está em pré-venda e pode ser adquirido neste site.

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,758,975SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Disney exibe novo filme de Star Wars para fã com doença terminal

Qual fã de Star Wars não gostaria de assistir em primeira mão o novo filme da franquia, "Star Wars: O Despertar da Força"? Claro...

Garota trans é surpreendida com a primeira dose de hormônios dada pela mãe nos EUA

A mãe de Corey, Erica Mason, surpreendeu a filha trans com sua primeira dose de hormônios, que a garota de 14 anos aguardava há...

Advogada é ‘salva’ por crianças que pediram para tomar banho na sua piscina

“Tiraram a sensação de que eu era a mais fracassada. Ficaram tão felizes com tão pouco”, diz Débora Oliveira.

Garota de 11 anos que criou o site “A menina que indica livros” ganha prêmio por incentivar à leitura

Se eu já fico feliz em ver um adulto que gosta de ler, imagina então quando é uma criança? Em tempos de internet e...

Separadas por uma janela, idosas fazem crochê ‘juntas’ e cena viraliza; veja o vídeo

O vídeo de duas vovós fazendo crochê em meio ao isolamento social viralizou nas redes sociais. Separadas por uma janela, as idosas aparentam mandar muito...

Instagram