Tinder para animais conecta pets abandonados com pessoas interessadas em adotar

Se hoje é possível encontrar um amor através de aplicativos como o Tinder, por que não encontrar nosso futuro pet? Foi a partir deste questionamento que a psicóloga Andréia Freitas, de São Paulo, teve a ideia de criar o Tinder Pet, através do qual é possível pessoas interessadas em adotar um animal, encontrarem sua companhia perfeita.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A psicóloga conta que a ideia surgiu quando ela conheceu o Tinder, em 2016, mas que demorou para colocá-la em pratica, pois precisava estruturar o funcionamento: “Eu tive a ideia de criar um ‘Tinder’ de animais assim que conheci o Tinder, em 2016, porém, demorei muito tempo para estruturar como ele funcionaria porque não basta somente achar bichos fofinhos e pessoas interessadas. Eu criei todo o suporte para que ONGs promovessem o encontro dos animais com pessoas bacanas dentro daquilo que acreditamos ser uma posse responsável”.

O Techtudo listou alguns apps que já fazem esse serviço, vejam:

1. DogsApp

Disponível para Android, o DogsApp tem uma plataforma muito parecida com a do Tinder. Ele une os perfis de cachorros através da localização, e avisa caso aconteça um “match” entre os bichos. É possível criar álbuns de fotos dos pets e conversar com os donos do outro animal em um chat. O usuário também pode especificar que tipo de cachorro está buscando, informando a idade, o sexo e o perímetro da localização desejada.

2. MyDoggy

Com uma interface simples, o MyDoggy encontra perfis de cachorros que podem ser interessantes para o usuário a partir de um mapa do Google. É possível informar a raça e determinar as preferências para se relacionar. O usuário pode preencher o perfil do cão, colocando uma foto e dados como raça, sexo, aniversário e suas características físicas e comportamentais. O dono do pet também tem direito a um perfil, com e-mail e telefone para contato.

3. Social Pet

Este site permite criar um perfil detalhado do animal e conectá-lo a outros bichos. Um diferencial do Social Pet é a possibilidade de cadastrar qualquer tipo de animal, seja ele doméstico ou não. Ou seja, além de cães, gatos e pássaros, você pode cadastrar leões, tigres e outros animais selvagens para encontrar parceiros para um relacionamento.

4. CruzaPet

O site CruzaPet permite que você cadastre vários pets diferentes e procure pretendentes para cada um deles, de acordo com suas preferências individuais. São aceitos apenas animais domésticos, como cachorros, gatos, roedores, tartarugas e aves. Para atrair parceiros interessados, preencha o perfil com fotos e informações precisas do bichano, como idade, tamanho, sexo, pedigree, cor e características físicas e temperamento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de TechtudoRevista Galileu

Foto: Revista Galileu

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

984,960FãsCurtir
1,731,326SeguidoresSeguir
8,547SeguidoresSeguir
11,100InscritosInscrever

+ Lidas

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

Mulher que sofre de ansiedade agradece a compreensão do seu namorado: “Há pessoas melhores que remédio”

Porque respeito e compreensão são fundamentais em qualquer relacionamento.

Motociclista salva mulher e taxista de alagamento em São Paulo

São Paulo amanheceu debaixo de chuva nesta segunda (10). A Marginal Tietê, uma das principais vias da capital paulista, ficou submersa, colocando em risco...

Instagram