Tinder para animais conecta pets abandonados com pessoas interessadas em adotar

Se hoje é possível encontrar um amor através de aplicativos como o Tinder, por que não encontrar nosso futuro pet? Foi a partir deste questionamento que a psicóloga Andréia Freitas, de São Paulo, teve a ideia de criar o Tinder Pet, através do qual é possível pessoas interessadas em adotar um animal, encontrarem sua companhia perfeita.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A psicóloga conta que a ideia surgiu quando ela conheceu o Tinder, em 2016, mas que demorou para colocá-la em pratica, pois precisava estruturar o funcionamento: “Eu tive a ideia de criar um ‘Tinder’ de animais assim que conheci o Tinder, em 2016, porém, demorei muito tempo para estruturar como ele funcionaria porque não basta somente achar bichos fofinhos e pessoas interessadas. Eu criei todo o suporte para que ONGs promovessem o encontro dos animais com pessoas bacanas dentro daquilo que acreditamos ser uma posse responsável”.

O Techtudo listou alguns apps que já fazem esse serviço, vejam:

1. DogsApp

Disponível para Android, o DogsApp tem uma plataforma muito parecida com a do Tinder. Ele une os perfis de cachorros através da localização, e avisa caso aconteça um “match” entre os bichos. É possível criar álbuns de fotos dos pets e conversar com os donos do outro animal em um chat. O usuário também pode especificar que tipo de cachorro está buscando, informando a idade, o sexo e o perímetro da localização desejada.

2. MyDoggy

Com uma interface simples, o MyDoggy encontra perfis de cachorros que podem ser interessantes para o usuário a partir de um mapa do Google. É possível informar a raça e determinar as preferências para se relacionar. O usuário pode preencher o perfil do cão, colocando uma foto e dados como raça, sexo, aniversário e suas características físicas e comportamentais. O dono do pet também tem direito a um perfil, com e-mail e telefone para contato.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

3. Social Pet

Este site permite criar um perfil detalhado do animal e conectá-lo a outros bichos. Um diferencial do Social Pet é a possibilidade de cadastrar qualquer tipo de animal, seja ele doméstico ou não. Ou seja, além de cães, gatos e pássaros, você pode cadastrar leões, tigres e outros animais selvagens para encontrar parceiros para um relacionamento.

4. CruzaPet

O site CruzaPet permite que você cadastre vários pets diferentes e procure pretendentes para cada um deles, de acordo com suas preferências individuais. São aceitos apenas animais domésticos, como cachorros, gatos, roedores, tartarugas e aves. Para atrair parceiros interessados, preencha o perfil com fotos e informações precisas do bichano, como idade, tamanho, sexo, pedigree, cor e características físicas e temperamento.

Com informações de TechtudoRevista Galileu

Foto: Revista Galileu

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,779SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Elas se beijam em frente ao protesto contra casamento gay

Durante uma manifestação na cidade de Marselha, na França, contra o casamento gay e a adoção de crianças por homossexuais, um casal de lésbicas resolveu...

Projeto ‘Lata 65’ ensina idosos a arte do grafite em Lisboa

Idosos com mais de 60 anos estão deixando a cidade mais colorida.

Trabalho voluntário gera satisfação e comprometimento entre família e escola

Kátia Generoso e os alunos da EE Prof. Luiz Gonzaga da Costa

Fotógrafo transforma sonhos de um garoto com distrofia muscular em realidade

Na série intitulada “O Pequeno Príncipe”, o fotógrafo Matej Pelyjhan da eslovênia, fez um ensaio com um garoto de 12 anos chamado Luka –...

Arrasado, jardineiro tem sua bicicleta de trabalho roubada e recebe apoio de desconhecidos

Seu Queiroz é um querido, na cidade de Lorena (SP). Ele tem 47 anos, é jardineiro, e utiliza uma bicicletinha para fazer seu trabalho....

Instagram

Tinder para animais conecta pets abandonados com pessoas interessadas em adotar 2