Ela criou o “Tinder dos Livros” para facilitar o acesso à leitura a pessoas negras

A ideia já deu match no país inteiro! Winnie Bueno é uma pesquisadora e ativista do movimento negro. Depois de constatar o acesso restrito de pessoas negras aos livros, ela criou o “Tinder dos Livros”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A ideia surgiu do engajamento das pessoas em doar livros. A provocação inicial foi só um disparador. O que originou o projeto foi perceber que as pessoas querem ajudar e às vezes não sabem como. Eu proporcionei uma ferramenta para que todos possam se engajar contra o racismo de forma prática e efetiva”, relatou Winnie.

Winnie sugeriu no seu Twitter que as pessoas brancas fizessem algo de eficaz na busca por justiça social para as pessoas negras, como a doação de livros.

Depois disso, várias pessoas se prontificaram a doar e Winnie começou a receber os desejos daqueles que queriam ter acesso a um livro, mas não tinham condições de comprar. Então, ela começou a fazer a ponte entre doadores e receptores e não parou mais. Já são mais de 500 matchs, tudo por meio do seu perfil no Twitter (@winniebueno).

É muita gente satisfeita em doar e centenas de leitores felizes! Os livros vão quase sempre acompanhados de um bilhete gentil.

Ela criou o “Tinder dos Livros” para facilitar o acesso à leitura a pessoas negras 1
Foto: Reprodução/Twitter

“Você dizer que apoia a luta antirracista é importante, mas apoio não pode ser só retórico. Tem que ter ação, uma ação que se propõe a diminuir a distância entre pessoas negras e o acesso aos livros é uma forma prática de exercer o discurso antirracista e que gera impactos muito maiores que o mero discurso. E sim, o acesso ao conhecimento é uma política emancipatória fundamental para a construção de projetos para a justiça social”, analisou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Winnie Bueno tem mais de 27 mil seguidores no Twitter. A doutoranda em Sociologia tem 31 anos e uma trajetória acadêmica e social toda voltada para os estudos da negritude e da cultura afro. Ela é Iyalorixá e atua junto à Rede Nacional de Religiões Afro Brasileiras e Saúde – RENAFRO.

Amizades criadas a partir do Tinder dos Livros

Além de dar match literário, a iniciativa tem aproximado pessoas. Elisângela Alves e Cecília Vaz são vizinhas e se aproximaram a partir da ponte feita por Winnie. Cecília doou o livro “Americanah” para Elisangela. “Como se já não bastasse o trabalho espetacular que a Winnie tem feito, ela ainda teve a delicadeza de encontrar a Cecília, que é praticamente minha vizinha, pra me presentear”, disse Elisangela. Ao ver o endereço da solicitação, Cecília foi entregar pessoalmente. “Muito feliz por tê-la feito feliz”, disse.

Ela criou o “Tinder dos Livros” para facilitar o acesso à leitura a pessoas negras 2
Foto: Reprodução/Twitter

Já Lisiane Pereira, 34 anos, mora em Porto Alegre, e foi contemplada com cinco livros por meio da ideia de Winnie. Na época, ela estava fazendo pós-graduação em História e Cultura Afro-brasileira e Psicopedagogia da Uniasselvi. “Meu pai dizia que os livros fazem com que a gente seja um devorador de mundos. Mas, além disso, acredito que a leitura me coloca em um lugar seguro, de acolhimento”, disse Lisiane em entrevista ao portal Gaúcha ZH.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela criou o “Tinder dos Livros” para facilitar o acesso à leitura a pessoas negras 3
Lisiane e Izabel se conheceram por intermédio de Winnie e seu projeto. Foto: Ávila/Agência RBS)

A funcionária pública moradora da mesma cidade, Izabel Belloc, 49 anos, foi quem presenteou Lisiane com duas obras. “Minha família sempre teve condições de comprar livros. Eu não frequentava a biblioteca do meu colégio porque tinha obras em casa. Ou seja, minha experiência, como branca, é diferente da vivência da Lisiane, que é negra. E, se a gente não estiver atenta às problemáticas raciais, vai continuar reproduzindo e perpetuando desigualdades”, disse Izabel, que também ajudou outras quatro pessoas pelo Tinder dos Livros.

Em parceria com a Intel, selecionamos histórias e projetos que utilizam a tecnologia com um único propósito: o de mudar, ajudar e transformar vidas! Acesse todas as matérias aqui.

 

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,272,726SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Parque Vila Sésamo é o primeiro no mundo certificado para crianças com autismo

A partir de agora o parque se encontra na categoria de "Centro de Autismo Certificado"

Um vídeogame sem vídeo que cria universo de áudio para cegos poderem jogar

Os games usam uma técnica de gravação conhecida como microfonação binaural para criar universos envolventes para o ouvinte, utilizando exclusivamente áudios. A sensação para...

Itália e Espanha reduzem número de infectados e de vítimas fatais do coronavírus

As medidas de isolamento social impostas pelos governos da Itália e da Espanha no combate ao novo coronavírus têm surtido efeito após dias de...

Com ajuda de doações, alunos com necessidades especiais fazem baile de debutante

Coisa boa é ver momentos assim: pessoas unidas, felizes e que contaram com o apoio de outras que se uniram e também ficaram felizes...

Refugiado africano oferece curso de francês, turismo e hotelaria em SP

Em São Paulo, o refugiado congolês Omana Ngandu ministra aulas de francês num curso intensivo de turismo e hotelaria que desenvolveu com mais quatro...

Instagram

Ela criou o “Tinder dos Livros” para facilitar o acesso à leitura a pessoas negras 5