Nos EUA, tio adota 5 sobrinhas que perderam os pais de Covid-19, evitando que fossem para lares adotivos

A pandemia está se mostrando como uma dura prova de resiliência para muita gente, como o norte-americano Fidencio Jacobo, da Califórnia (EUA), que perdeu sua irmã e o cunhado para a Covid-19.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O casal deixou cinco filhas, foi quando o rapaz decidiu transformar a dor em amor e, com a ajuda de sua esposa Crystal, adotou as cinco sobrinhas para evitar que elas fossem separadas em lares adotivos diferentes.

mãe com 3 de suas filhas antes de morrer
Jasmine e 3 de suas filhas. Foto: arquivo pessoal

A verdade é que, em meio à pandemia, muitas crianças ficaram órfãs, sendo que algumas acabaram em instituições para menores vulneráveis, outras em lares adotivos e outras que tiveram mais sorte, serndo adotadas por outra família.

Acontece que, se não fosse Fidencio, provavelmente as meninas acabariam se separando, o que seria ainda mais triste. E ele jamais deixaria isso acontecer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jasmine antes de morrer de covid
Jasmine. Foto: arquivo pessoal

Sua irmã, Jasmine, tinha apenas 33 anos e morreu em decorrência de complicações respiratórias depois que contraiu Covid. Seu marido já havia morrido, então as crianças ficaram órfãs.

Não tem como ficar indiferente à esta situação, principalmente com suas próprias sobrinhas, portanto, Fidencio e sua esposa decidiram dar um destino feliz às sobrinhas.

casal com filho sorrindo foto
Fidencio, sua esposa Crystal e o filho biológico. Foto: arquivo pessoal

“Foi difícil, mas não importava. Era algo que precisava ser feito. Elas são da família, então não importa. Minha família passou de três para oito”, explica Crystal. As meninas de 6 a 15 anos estão agora na casa dos tios, recebendo todo o amor e apoio que precisam neste momento tão difícil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Juntos, superam vários desafios

O processo não é fácil: elas passam os dias pensando na mãe, isso quando não choram de saudade pensando que mal conseguiram se despedir.

Hoje, a grande missão de Fidencio e Crystal é melhorar o estado emocional das sobrinhas e garantir que elas tenham um lar que é sinônimo de amor e segurança.

“Eu coloco toda a minha confiança em Deus. Ele esteve conosco, nos abençoou e nos ajudou a superar muitas coisas, por isso sabemos que temos uma nova missão”, diz Fidencio.

Todo o nosso amor e torcida para esta família! 🙏💜

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Viralistas


Quer ver mais uma história inspiradora? Dá o play! 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,387SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Gaúcho conserta macas e cadeiras de rodas de hospital que o ajudou a tratar depressão

Um ano e meio atrás, Ralf precisou ficar internado no Hospital Municipal de Novo Hamburgo (RS) por quinze dias para tratar um quadro de...

Youtuber “mirim” espalha anúncios escritos à mão para chegar a 5 mil inscritos em seu canal

O pequeno Youtuber deu uma verdadeira lição de empreendedorismo. O canal de ciências e curiosidades Manual do Mundo é um dos maiores do Youtube, com...

Casal de idosos aventureiro vende a casa e bate a meta de conhecer os 194 países do mundo junto

Quem disse que viajar e conhecer novas culturas é coisa de gente jovem? O casal de holandeses Christina e Willem Beekenkamp, juntos há 60...

Gestante surda faz ultrassom com ajuda de tradução em Libras

Uma gestante deficiente auditiva fez ultrassom com tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais) e 'descobriu' o sexo da criança.

Instagram

Nos EUA, tio adota 5 sobrinhas que perderam os pais de Covid-19, evitando que fossem para lares adotivos 2