Com ‘campo tátil’, amigo intérprete ajuda torcedor surdocego a acompanhar título do São Paulo

O São Paulo estava há nove anos sem ganhar sequer um título, mas a vitória sobre o Palmeiras por 2 a 0, no último domingo (23), colocou um ponto final a este jejum. A conquista do Campeonato Paulista teve um gosto diferente para o tricolor Carlos Santana Júnior, 34 anos, que acompanhou o primeiro triunfo da equipe desde que ficou cego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda de um ‘campo tátil’ e seu amigo e guia-intérprete de Libras, Hélio Fonseca, Carlinhos conseguiu sentir as jogadas da partida que levaram aos gols de Luan e Luciano. Em entrevista ao Portal G1, Hélio, que é corintiano, conta que a vitória é uma injeção de ânimo para o amigo em épocas de pandemia.

“Foi o primeiro título que ele presenciou do São Paulo desde quando ficou completamente cego. Foi uma partida emocionante e significativa para ele porque, desde o início da pandemia, ele andava bastante triste. […] O São Paulo é das poucas alegrias no dia a dia dele.”

Graças a Hélio, que criou o campo tátil’ de Carlos, o são paulino consegue sentir as emoções da partida. O interprete explica que viu a ideia em prática com um torcedor do Santos, que também é surdo e cego. A engenhoca permite que Carlos sinta por onde a bola passa em todo o gramado e entenda as jogadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Torcedor do São Paulo tem Síndrome de Usher

Surdocego segurando campo tátil
Com a vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Palmeiras, Carlinhos pôde comemorar seu primeiro título após ficar cego. Foto: arquivo pessoal

Carlinhos é portador da Síndrome de Usher, uma doença genética que afeta o sistema auditivo e pode também interferir na visão. No caso do tricolor, apenas aos 22 anos, já na vida adulta, que a síndrome fez com que ele perdesse totalmente a visão.

Criado há poucos anos, o ‘campo tátil’ permitiu que Carlinhos entrasse na partida como toda a nação tricolor. E como todo apaixonado por seu time, a conquista de um caneco é um daqueles dias marcantes na vida.

“Após o fim da partida, ele contou que foi uma das maiores alegrias dele nos últimos tempos. E eu fico muito feliz de ter podido proporcionar essa emoção, não só por causa da pandemia e amizade, mas por poder colocar a minha profissão em prática de verdade e ajudar quem realmente precisa”, concluiu Hélio.

Certamente, Carlinhos espera que o São Paulo não fique tanto tempo na fila novamente. Que o tricolor paulista conquiste muitos títulos para esse torcedor para lá de especial possa comemorar e vibrar junto!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer conhecer mais histórias inspiradoras? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Com 'campo tátil', amigo intérprete ajuda torcedor surdocego a acompanhar título do São Paulo 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Neto ensina avô a mexer no Instagram e seu negócio decola!

“Agora, muita gente está pedindo café. A empresa dele está crescendo.”

Catador de 105 anos comove web e ganha R$ 76 mil em doações para comprar sua casa

O seu Eduardo já tem 105 anos, mas uma disposição danada! Ele ainda trabalha gente, dá pra acreditar? Esse senhor vai com sua carrocinha, todos...

Máquina troca garrafas e latinhas por cupons e vales-refeição

Já imaginou reciclar seu lixo e ainda ganhar convites para vale-refeições e convites para eventos? Esse é o princípio de uma máquina que troca...

Após comoção, internautas compram casa para bebê que dormia na rua com 8 dias de vida

A bebê Izadora está crescendo em um lar seguro e confortável! Bem diferente da calçada onde foi encontrada, com apenas 8 dias de vida,...

Projeto oferece hospedagem a preços baixos para profissionais de saúde em várias cidades

A maior angústia de um profissional de saúde que está na linha de frente do combate à Covid-19 é o medo de levar o...

Instagram

Com 'campo tátil', amigo intérprete ajuda torcedor surdocego a acompanhar título do São Paulo 3