Tradição: torcedores do Japão recolhem lixo do Morumbi após partida

Clique e ouça:

Já é tradição! Mesmo após o Japão sofrer uma goleada de 4 a 0 para o Chile, na primeira rodada da Copa América, torcedores japoneses repetiram uma cena da Copa do Mundo de 2014 e 2018: retiraram todo o lixo da arquibancada do estádio do Morumbi, em São Paulo, na segunda-feira (17).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O gesto foi aplaudido pelos brasileiros que acompanharam o jogo e pela torcida rival! “Fazemos sempre isso com todos os estádios”, disse Hirokazu Tsunoda, que veio ao Brasil apenas para acompanhar a competição.

“É uma forma de agradecer por termos assistido ao jogo e também de manter o local limpo para as pessoas que forem utilizar esse espaço depois”, destaca.

A iniciativa encheu de orgulho japoneses que vivem no Brasil e foram prestigiar a seleção japonesa. É o sentimento do jovem Yuta Komura, 21 anos, estudante de linguística na USP e que vive há 4 anos no Brasil: “Recolher o lixo é o mínimo que fazemos, é o óbvio”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O estudante estava com mais três amigos, que estudam no Rio de Janeiro. Os quatro são de Osaka e fazem intercâmbio no país.

E, olha só, os japoneses prometem repetir a ação nas outras partidas do Japão no torneio. O próximo desafio será em Porto Alegre, na Arena Grêmio, contra o Uruguai.

Jogadores limpam vestiário

A atitude se repetiu no vestiário dos jogadores da seleção japonesa: eles recolheram o lixo e deixaram uma mensagem de agradecimento em português, espanhol, inglês e japonês em uma prancheta. Veja algumas fotos:

Tradição: torcedores do Japão recolhem lixo do Morumbi após partida 1 Tradição: torcedores do Japão recolhem lixo do Morumbi após partida 2 Tradição: torcedores do Japão recolhem lixo do Morumbi após partida 3

Esse bonito ato de educação e agradecimento pela hospitalidade dos jogadores já havia sido feito na academia de futebol do Palmeiras, usada pelo time para o treino do último sábado (15).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Copa América 2019

A 46ª edição do torneio mais antigo de Seleções do mundo retorna ao Brasil depois de 30 anos e está sendo disputada em seis estádios em cinco cidades-sede (Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo) com 12 Seleções participantes. Em campo, nove títulos da Copa do Mundo reunidos e algumas das maiores estrelas do futebol mundial.   

Além dos dez países sul-americanos membros da CONMEBOL (Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), Japão e Catar participam como convidados. 

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fontes: BOL/UOL/Assessoria da Copa América/Fotos: Reprodução/TV UOL e Assessoria da Copa América

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,050,303FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,184SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Vendedor de salgados é humilhado e recebe ajuda de vaquinha que bate R$70 mil em 24h

Rafael, que só tem uma das mãos, foi humilhado por cliente que não aceitou o atraso da sua encomenda de salgados.

“Eu quito!”, diz Tatá Werneck para seguidora que desabafou sobre dívidas na pandemia

A Tatá Weneck se ofereceu para pagar as dívidas de uma seguidora depois que ela postou um meme no seu Instagram. O meme é uma...

Jovem ‘zombada’ por vender sacos de lixo para ajudar a mãe não abaixa a cabeça

A estudante de enfermagem Clara Soares, 18 anos, vende sacos de lixo e panos de chão em Ceilândia (DF) para ajudar a mãe. Enquanto batia...

Instagram

Tradição: torcedores do Japão recolhem lixo do Morumbi após partida 16