Britânico de 14 anos transforma seus trabalhos caligráficos extraordinários em negócio de sucesso

Quem nunca se deparou em uma roda de amigos discutindo o conceito do que é arte? Para muitas pessoas, essa categorização é complicada, uma vez que conceitos subjetivos e percepções sobre a vida impactam diretamente nesta definição. Mas essa subjetividade desaparece e transforma-se em unanimidade, quando nos deparamos com algo que é belo em sua essência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esse é o caso das criações de Ted Bettridge, um adolescente britânico de 14 anos, que desenvolve trabalhos caligráficos extraordinários. Pouco difundida no Brasil, o método consiste em desenhar letras à mão e manipular suas formas, sem seguir padrões. A técnica, quando aplicada em imagens cria um efeito único, daqueles onde nossos olhos não conseguem passar desapercebidos.

trabalhos caligráficos
“Viva Fácil”

A paixão de Ted pelo design começou em 2013, quando ele tinha completado 11 anos. Assim como muitas crianças de sua idade, ele tinha o sonho de ser um Youtuber famoso de games. Utilizando o Paint, criou sua própria marca e lançou seu canal. Quando menos percebeu, estava passando horas atualizando sua imagem e marca online. Inicialmente, seu canal atingiu 32 assinantes. Em um belo dia, em meio a e-mails de spam e de sua avó, Ted deparou-se com um uma mensagem inesperada: o contato de gamer solicitando um orçamento para o desenvolvimento do design e brand de seu canal.

trabalhos caligráficos
“Abençoado”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que começou como uma brincadeira transformou-se em um negócio. Enquanto seus amigos adolescentes tinham atividades comuns à suas idades,  Ted estava começando a empreender. Em menos de oito meses, ele já possuía clientes e seu talento começava a ser reconhecido. Conforme suas habilidades foram aprimoradas, todas de forma autodidata, ele expandiu seu negócio para um público maior. O que havia começado como um hobby tornou-se um a fonte de renda para o garoto. Em sua pequena trajetória, Ted nos mostra que explorar nossas habilidades e apostar em nossas paixões é o caminho para trilhar uma carreira de sucesso.

Leia também: Cientistas desenvolvem rim artificial que filtra o sangue e não causa rejeição

Veja alguns de seus trabalhos:

trabalhos caligráficos
“Destemido”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

trabalhos caligráficos
“Magnífico”

trabalhos caligráficos
“Sonhar acordado”

Todas as fotos: © Ted Bettridge

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,512SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vaquinha para tratamento de criança com doença de pele rara arrecada R$60 mil em 12 horas

O pequeno Nicolas Rocha, 8 anos, tem uma grave e rara doença de pele chamada lctiose arlequim, popularmente conhecida como escamas de peixe. Sensibilizados...

Projeto ensina alunos de escolas públicas a usar a fotografia para refletir sobre a realidade

O projeto Alfabetização Visual é um curso de fotografia digital para alunos de escolas públicas e centros culturais que busca a transformação social. O projeto...

Gene ligado esclerose lateral amiotrófica (ELA) é descoberto graças a desafio do balde de gelo

Quem não se lembra do desafio do balde de gelo que viralizou em 2014? Várias pessoas, incluindo algumas celebridades, gravaram vídeos despejando baldes de...

Websérie mostra desafio de empreendedorismo social e dará R$50.000 ao vencedor

Você gosta de empreendedorismo e de webséries? Se sim, com certeza vai amar esse projeto! O Triggers é um programa inédito de educação e pré-aceleração de...

Pesquisador sergipano ganha mais alta honraria concedida a cientistas no Brasil

José Alexandre Felizola Diniz Filho foi agraciado com a Comenda Nacional do Mérito Científico.

Instagram