Transformando as histórias da vó em produtos ao mesmo tempo artesanal e high-tech

O talentoso arquiteto e amigo Guto Requena tem um talento especial: a sensibilidade de juntar elementos antigos com grandes inovações contemporâneas. Esse é o caso dessa linha de produtos que ele fez, chamada “Era uma vez”, no qual ele transformou 4 estórias que sua avó contava pra ele quando criança, capturou (através de um software) essas ondas sonoras geradas enquanto ela contava, reinterpretou-a com a ajuda de um software que ‘transformou’ a voz de sua vó nas curvas dos vasos, pra entender melhor vejam esse vídeo, é fascinante o resultado, e carregado de simbolismo e significado:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,824,688SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cadela adotada compartilha cobertor com cão de rua no RS e foto viraliza

Na foto, a cadelinha Lana compartilha seu cobertor com um cão que vive em situação de rua, mesmo separados por uma cerca.

Bebê de 2 anos grita “papai” após fim do processo de adoção

Mandi Palmer é uma norte-americana de 33 anos que compartilhou sua história no site Love What Matters e nós ficamos tão encantados que gostaríamos...

Atacante brasileiro interrompe carreira na Europa para se dedicar ao filho de 2 anos com câncer

Assim que descobriu que o filho de apenas 2 anos havia sido diagnosticado com câncer neuroblastoma já em estágio 4, o jogador de futebol...

Brasileira oferece educação e cultura para crianças do Quênia

O Hai África (Hai significa "Viva", em Swahili) é um projeto da brasileira Mariana Fischer que começou com uma expedição voluntária por dois...

Rede de apoio contribui com vaquinha para menino que trocou tablet por lanches para moradores de rua

Quantas crianças trocariam seu presente de aniversário por lanches para pessoas desconhecidas? Bom, se não são muitas, a gente vai te contar a história...

Instagram