Projeto cria ‘trenzinho’ para conscientizar a população sobre abandono animal

Desde junho, um projeto muito bacana vem acontecendo na Praça do Ferreira, no centro de Fortaleza (CE). A ONG Instituto André Araújo construiu um trenzinho informativo para o projeto Amor Animal, que visa conscientizar a população da cidade sobre o abandono de animais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O trenzinho chama logo a atenção de quem passa pelo local. Ele foi construído com material reaproveitável e é cheio de informações sobre a causa. Além disso, o instituto recolhe assinaturas para construção de um hospital veterinário gratuito na Capital.

Cada vagão traz algo para sensibilizar quem está vendo. Em um deles, por exemplo, trazemos o número de animais abandonados por aqui, que é mais ou menos 130 mil, de acordo com Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal”, conta Fabiola Simonetti, coordenadora de marketing e comunicação do Instituto André Araújo, responsável pela ação.

amor animal

O alcance do trenzinho trouxe bons resultados

Até o momento, o instituto tem conseguido recolher cerca de 350 assinaturas por dia de ação. Todas serão anexadas ao pedido de construção do hospital veterinário, que está sendo preparado pelo projeto e será encaminhado aos órgãos públicos, de acordo com Fabiola.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Escolhemos a Praça do Ferreira por estar no coração da cidade e ser um ponto de grande circulação. Nossa meta é atingir 50 mil assinaturas mas, se chegar a 100 mil, vamos ficar mais felizes ainda”, brinca a coordenadora.

A ideia do trenzinho surgiu ano passado. O protetor animal e idealizador do instituto, André Araújo, 39 anos, contou que tudo começou com um mutirão de limpeza de animais nos abrigos de Fortaleza.

Nós reunimos uma batalhão de 50 voluntários e levamos para dar banho em alguns animais. Tem local que tem mais de mil bichos. Às vezes a equipe não dava conta. Quando terminava a limpeza, colocamos eles nos carrinhos para dar uma ‘passeada’”, relembra.

Ele conta que, por causa da pandemia, o projeto teve que ser readaptado. “Não podemos ir aos abrigos com frequência, então, adaptamos para usar como campanha de conscientização. Nosso objetivo é recolher assinaturas para construção de um hospital público veterinários aqui na Capital. É uma coisa fofinha, engraçadinha, mas que chama muita atenção”, reforça André.

trezinho amor animal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Onde encontrar o trenzinho informativo

Se você é de Fortaleza e quer ver de perto, além de contribuir com sua assinatura, para o trenzinho do projeto Amor Animal, ele circula pela Praça do Ferreira ao longo da semana, de segunda a sexta, sempre entre às 10h da manhã e às 16h.

O ponto para recolher assinaturas fica em frente ao Cineteatro São Luiz. No mesmo lugar você pode deixar ração e outros insumos para os animais abandonados

A gente pensa que não é muita coisa, mas é sim. Se você comprou um remédio para o animal e sobrou um pouquinho, pode doar. Recebemos mais de 300 pedidos por dia para medicação e às vezes não temos como oferecer. É muito triste dar um não para uma pessoa que está precisando”, confessa o cuidador.

Não existe doação mínima e o doador pode escolher a Instituição que receberá a contribuição. O telefone da Carrocinha do Bem é (85) 98212.6515. Para facilitar a retirada, o doador precisa informar o nome, o melhor horário para encontro, endereço e um telefone para contato.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

VEJA TAMBÉM!

Quem nunca cantou essas músicas deste jeito tá fazendo errado 😂😂 Comenta aqui uma música que não está no vídeo e que você sempre cantou de outro jeito 😂

FONTE E FOTOS: Diário do Nordeste

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Esses 44 segundos vão fazer você pensar duas vezes antes de julgar alguém

Estamos condicionados a julgar as pessoas pela forma que ela se veste, age, ou qualquer outro comportamento raso que "de cara" já criamos um...

Ele ouviu do sargento que negro não faz jornalismo e hoje atua na Globo

"A gente tem que chegar aqui para que os próximos que vierem saberem que é possível e que têm que estar onde a gente quiser."

IBM oferece a funcionários transgêneos subsídio para a terapia hormonal

Empresa oferece aos funcionários trans um subsídio de 75% na compra de terapia hormonal.

Surfistas salvam bebê baleia encalhado em missão que durou 6 horas

Eles precisaram ficar com o animal durante 6 horas, até que ele voltasse a respirar normalmente.

Menino que perdeu as pernas arrecada R$ 3 milhões para hospital que salvou sua vida

No coração do pequeno Tony Hudgell não há espaço para rancor nem mágoa. Apesar da violência absurda que sofreu, tem muito mais gratidão no...

Instagram