Ele carregou amigo cadeirante por 6 horas para conhecer Machu Picchu

O sonho de conhecer a cidade perdida dos Incas, Machu Picchu, reuniu Emiliano Bisson e Philip Stephens, dois viajantes entusiastas que percorreram milhares de quilômetros para conhecer e desbravar a mítica região, erguida a uma altitude de 2430 metros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Emiliano conta que antes de chegarem ao Peru, eles passaram por seis países, em sete semanas de viagem: Estados Unidos, México, Cuba, Panamá, Costa Rica e Argentina. Ainda tiveram um tempinho para conhecerem o Havaí. Ao todo, doze voos e o desafio final de chegarem à Machu Picchu.

Para que isso fosse possível, Emiliano levou o amigo nos braços do acampamento onde estavam assentados até o alto das montanhas que cercam e protegem a cidade antiga, já que Philip perdeu a capacidade de se locomover sozinho devido a uma doença e faz uso de uma cadeira de rodas.

Turista argentino ajuda amigo com deficiência Machu Picchu

A viagem mudou completamente a vida de Emiliano. Residente de Buenos Aires, o argentino conta ter ‘fracassado em várias carreiras universitárias’. Há dois anos ele decidiu largar tudo e viajar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Marido cria cadeira especial para esposa continuar desbravando montanhas

“Não estava bem. Queria sair por aí, me perder no mundo e me encontrar novamente. Apresentei à minha melhor amiga, Juanma, a ideia de iniciar uma viagem sem data de retorno”, disse. A amiga de infância aprovou a ideia e ele, encorajado, partiu para o México. Tinha 200 dólares (R$ 836) no bolso, dinheiro que acabou em meras três semanas.

Turista argentino ajuda amigo com deficiência Machu Picchu

Rumo à Machu Picchu

Procurando um trabalho para se sustentar no litoral mexicano, Emiliano conheceu Philip, um australiano que precisava de um cuidador para o seu dia a dia. Ele topou.

Com o passar dos meses, essa relação cedeu lugar para uma forte amizade! Além disso, ambos alimentavam o sonho de fazer um mochilão pela América Latina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Aposentada decide realizar sonho de conhecer Machu Picchu e faz primeiro mochilão aos 64 anos

“Um dia perguntei a Phil: ‘Qual é o seu sonho?’ Eu costumo fazer essa pergunta para as pessoas. E ele me disse que [queria] ir à Machu Picchu, no Peru. Não pude deixar de sorrir para ele. Então, eu disse: ‘E por que você nunca foi?’ Ele respondeu que estava longe, e eu não saberia como fazer o passeio. ‘Eu vou levar você lá’, propus sem pensar duas vezes.”

Algumas semanas depois, eles partiram em viagem!

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Turiweb/Fotos: Reprodução/Turiweb

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,827,323SeguidoresSeguir
24,592SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal reconstrói mamilos e aréolas de pessoas que tiveram câncer de mama

“Quando eu vi o resultado e a felicidade dela, eu percebi que eu não podia cobrar por aquele serviço. Foi aí que comecei meu projeto."

Atendente paga sobremesa de um garoto que não tinha dinheiro suficiente, e ganhou muito mais que um agradecimento

Pequenos gestos são mais valiosos do que podemos imaginar! Um desses foi de um atendente da rede de restaurante texana Freddy's chamado Travis Sattler,...

Menina liga para 190 pedindo cesta básica e policiais mobilizam doações

Um gesto muito bonito de policiais militares de Alpinópolis (MG) inspirou mais pessoas a ajudarem a pequena Ana Clara, 10 anos, e sua família....

C&A abre vagas de emprego exclusivas para travestis e transexuais

A C&A, maior rede de lojas de departamento do Brasil, em parceria com a ONG Transempregos anunciaram a abertura de mil vagas de emprego...

Projeto Pai Canguru ajuda no desenvolvimento e aproxima pais e bebês prematuros

Um método simples está aproximando pais e bebês recém-nascidos em um hospital do Rio de Janeiro, trata-se do projeto Pai Canguru que funciona no Hospital...

Instagram

Ele carregou amigo cadeirante por 6 horas para conhecer Machu Picchu 1