Tutor leva cão debilitado por causa de um câncer para passear deitado em um carrinho

0
2471

Joey Maxwell e sua mulher adotaram o cão da raça golden retrivier Maverick depois que o animal foi abandonado quando ainda era filhote.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O cãozinho ficou vivendo no mato por três meses, até ser acolhido pela sua nova família. Dois anos atrás, ele foi diagnosticado com um linfoma. Graças à quimioterapia, o tumor regrediu, mas reapareceu há dois meses.

500324aa4fe2f0e55a0ce18d575f2bd7

Por conta da doença, ele não consegue ficar de pé e fazer suas andanças. “Não achamos que ele conseguiria sair dessa”, disse Maxwell ao site “The Dodo”.

Como o cão adora passear, e sabendo que os passeios podem fazer bem para a sua saúde, Maxwell e a esposa compraram um carrinho onde podem levá-lo para passear deitado. “Não queremos que ele nos veja tristes. Pensamos em tirá-lo de casa, recebendo a atenção de todos, como gosta. Ele adora ser amado”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

cancer_impedir_pet_passear3

Maxwell colocou no carrinho um colchãozinho e um cobertor para acomodar o mascote. Os passeios são diários e deixam Maverick bastante feliz. Mesmo com o estado de saúde debilitado, ele mostra evolução – já consegue inclusive ficar sentado.

cancer_impedir_pet_passear2

O cão aparenta estar com a saúde melhor e preparado para voltar às sessões de quimioterapia. “É um conforto ver que ainda podemos fazê-lo feliz”, afirma Maxwell.

cancer_impedir_pet_passear4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

cancer_impedir_pet_passear5

Com informações do NewPangea / Fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.