Mesmo passando dificuldades, Uber recusa pagamento de corrida para ajudar mãe com filho doente e recebe apoio com vaquinha

Para levar o filho Davi, que tem Leucemia, até o hospital, Sâmia decidiu pedir um Uber. Quem chegou para buscá-los foi seu José que, mesmo passando por dificuldades, recusou o pagamento da corrida para que a mãe usasse no tratamento do filho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

José Nóbrega, 41, mora com a esposa, filhos e a sobrinha. Todos estão desempregados, exceto sua filha mais velha. Inspirados na bondade do motorista de Uber, criamos uma vaquinha na VOAA para ajudá-lo em casa. Clique para ajudar!

A família mora em uma casa simples, pagando 500 reais de aluguel. Desempregado há 5 meses, José passou a ser motorista de Uber mas, como não tem carro próprio, trabalha com um alugado e, por causa da pandemia, viu suas corridas diminuírem muito.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar)

José recusou receber pagamento após saber que filho de passageira tinha leucemia

Apesar das dificuldades, José recebeu um pedido de corrida no dia 25 de maio de 2021 que o faria ser conhecido pela sua generosidade.

Ao iniciar a corrida com Sâmia e seu filho Davi, o motorista viu que estava levando a dupla para o Hemoam (Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas). Olhando pelo retrovisor, José perguntou para Sâmia se eles estavam indo doar sangue.

Ela respondeu que “não” e explicou que o garoto estava com leucemia, por isso, estava indo até o local do seu tratamento. Um pouco desapontado, José respondeu apenas com um “poxa”, continuando a viagem em silêncio absoluto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao finalizar a corrida no Uber, que deu em torno de R$ 23,00, Sâmia já estava pegando o dinheiro para pagar quando José imediatamente disse que “não precisava, pois ela precisaria do dinheiro.”

Mesmo passando dificuldades, Uber recusa pagamento de corrida para ajudar mãe com filho doente e recebe apoio com vaquinha 2
Foto: arquivo pessoal

“Aquilo partiu meu coração, uma criança tão pequena passando por tanta coisa. A expressão no rosto da mãe demonstrava toda seu sofrimento Não sou rico, passamos por dificuldades, mas o valor da corrida ajudaria muito mais a ela do que eu”, desabafou José.

Sâmia se emocionou muito, pois percebeu que o motorista do Uber havia feito aquilo de bom grado, para que ela pudesse usar o dinheiro para o tratamento de Davi. Assim que chegou em casa, compartilhou a bondade do seu José seu Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Motorista foi homenageado pelo hospital

A atitude de José chamou tanta atenção que até a equipe de assistência aos pacientes de doenças malignas e benignas do sangue do Hemoam decidiu homenagar o motorista com presentes e agradecimentos especiais.

Confira as fotos!

Razões pra acreditar! 😊Tem muita gente por aí fazendo boas ações!! 🥰Essas atitudes merecem ser reverenciadas….

Publicado por Hemoam em Quarta-feira, 2 de junho de 2021

Queremos continuar essa corrente de bondade devolvendo ao José aquilo que ele fez de bom para Sâmia e para o pequeno Davi.

Clique aqui para fazer sua parte! 💜

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,811,797SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ela tem a melhor explicação para dizer aos filhos que o avô casou com outro homem

O que caracteriza uma família? Deveria ser apenas o amor, não é mesmo? E é exatamente sobre isso que fala esta história, enviada ao...

Mulher encontra cãozinho perdido e recusa carro oferecido como recompensa

O chihuahua Benji já estava desparecido desde o dia 07 de novembro. E isso deixou a família dele desolada. Eles chegaram a oferece um...

3 avós italianos realizam o sonho de concluir Ensino Médio e nos ensinam a nunca desistir

Nicola Bellacicco, 88 anos, Domenica Nettis, 78 anos, e Imma Scarciolla, 69 anos, realizaram o grande sonho de suas vidas: terminar o ensino médio. Os...

Com vaquinha, mulher que teve mãos decepadas pelo ex-marido ganha próteses

No final do ano passado, batemos a meta da vaquinha para a compra das próteses da Geziane. Ela está conseguindo fazer atividades do dia a dia que tanto sonhava.

Cafeteira sustentável portátil funciona sem energia elétrica, filtro ou cápsulas

A cultura cafeeira está nas raízes brasileiras desde o período colonial. O café quentinho acompanha o dia a dia de muita gente, mas já...

Instagram

Mesmo passando dificuldades, Uber recusa pagamento de corrida para ajudar mãe com filho doente e recebe apoio com vaquinha 4