Array

UFPB cria respirador de R$ 400 e libera licença para produção por empresas

Pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) desenvolveram um respirador pulmonar que custa até 37 vezes menos do que os disponíveis atualmente no mercado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com um custo bruto de R$ 400, o dispositivo teve sua licença liberada para produção em massa por empresas do setor privado.

Mesmo com empresa parada, empresário se prontificou a fabricar máscaras para hospitais. Apoie clicando aqui.

No entanto, segundo a Agência UFPB de Inovação Tecnológica (Inova), é necessário obter autorização da Anvisa para produzir e vender os respiradores. Além disso, o aparelho precisa ser submetido a testes pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

respirador pulmonar ufpb baixo custo licença disponível
Foto: UFPB/Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Para Athayde Filho, diretor da Inova UFPB, a necessidade cada vez maior dos respiradores nos hospitais brasileiros deve acelerar toda a burocracia e testagem deles.

Os inventores Railson Ramos, Mario Ugulino, Válber Almeida, Tiago Maritan e Marcos Alves desenvolveram o aparelho em 48 horas, equipando-o com tecnologia touch-screen, sistema multibiométrico e conectividade wireless.

Em outras palavras, é possível acessar, operar e monitorar cada respirador em tempo real e de maneira remota por meio de smartphones.

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a UFPB, o equipamento pode ser facilmente montado e programado, sendo possível operá-lo em cerca de um minuto. Um outro positivo é que ele não é um respirador de emergência, podendo ser usado por tempo indeterminado, com prazo de validade estendido.

Para solicitar a licença e permissão de uso da tecnologia desenvolvida, basta entrar em contato com a Agência UFPB de Inovação Tecnológica (Inova), através do e-mail [email protected].

Plataforma dará cachê a 600 a maquiadores autônomos que estão sem trabalhar por causa da Covid-19, saiba mais clicando aqui.

Fonte: G1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“The Rock” surpreende jovem que o convidou para baile de formatura

Estudantes do colégio Stillwater Area High School, nos Estados Unidos, na última sexta-feira foram surpreendidos com uma mensagem especial de Dwayne Johnson, o ator...

Biólogo brasileiro recebe prêmio ‘Heróis do Meio Ambiente’ com projeto de proteção ao pirarucu

O biólogo brasileiro João Campos Silva começou o ano de 2021 trazendo um prêmio internacional para o Brasil. Ele criou um projeto para o...

Após post viralizar, estudante de jornalismo que é caixa de supermercado consegue estágio

"Ainda não consegui minha tão esperada oportunidade no jornalismo, mas enquanto ela não chega, todos os dias faço minha contribuição, trabalhando como caixa de...

‘Estamos todos chocados’: mulher tem parto na banheira e bebê nasce com mais de 5 kg

A norte-americana Laura Fifield vive em Spokane, Washington e compartilhou uma linda história que ela teve a sorte de vivenciar, no site Love What...

Essa simples invenção vai mudar a vida de muitas meninas humildes em seu período menstrual

Para as meninas que vivem em extrema pobreza em todo o mundo, menstruar pode ser uma provação particularmente difícil. Artigos sanitários muitas vezes são inacessíveis, o que significa...

Instagram

UFPB cria respirador de R$ 400 e libera licença para produção por empresas 2