Um ano após campanha de Natal, asilo no Paraná continua recebendo doações e visitas

A campanha de arrecadação de presentes de Natal para os velhinhos do Asilo São Vicente de Paulo, na cidade de Lapa (PR) completou um ano.  Voluntários do asilo tiraram fotos dos idosos segurando um quadrinho com seu pedido de natal. Coisas bem simples: um caderno de desenho, uma caixa de lápis, um boné…

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os voluntários postaram as fotos nas suas próprias redes sociais, já que na época o asilo não tinha páginas ou perfis. Depois que as fotos se espalharam, as doações começaram a chegar de pessoas de várias regiões do Brasil e até do exterior. Dezenas de itens, especialmente os de higiene, como pastas de dente e sabonetes, foram estocados.

Um ano após campanha de Natal, asilo no Paraná continua recebendo doações e visitas 2

“Recebemos doações até de fora do Brasil. Veio um calçado de Israel, de uma pessoa que viu as fotos no Facebook e fez a remessa. Também recebemos roupas de uma pessoa que mora na Alemanha”, disse o voluntário Cláudio Rodrigues Calsavara ao PARANÁPORTAL.

Mas, as doações não pararam de chegar, pelo contrário. Vários doadores continuaram ajudando o asilo durante este ano. “Um exemplo: a menos de uma semana, recebemos uma ligação de uma pessoa sobre as fotos da campanha. Explicamos que eram do Natal passado. Logo depois, recebemos um e-mail desta pessoa informando que ela havia realizado um depósito na conta do lar como doação”, comemora Cláudio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Graças à campanha, o asilo ganhou uma visibilidade que antes não tinha. Mais pessoas pareceram querendo conhecer o local e muitas se tornaram voluntárias. Segundo o voluntário, dez pessoas seguem fazendo doações regularmente. Atualmente, o asilo abriga 39 idosos: 20 homens e dez mulheres.

Um ano após campanha de Natal, asilo no Paraná continua recebendo doações e visitas 3

A repercussão foi tão positiva, que eles os voluntários do asilo não planejam repetir a ação. “Talvez apenas um Natal solidário, pedindo doações de alimentos, que é o que mais faz falta”, explica Cláudio. “Nós só temos a agradecer a solidariedade de diversas pessoas, com doações individuais, campanhas diversas, visitas, trabalhos voluntários, convênios com órgão público têm permitido uma melhor qualidade de vida aos nossos idosos.”

Um ano após campanha de Natal, asilo no Paraná continua recebendo doações e visitas 4

O que o asilo mais precisa agora são doações de itens que possam ser estocados e reaproveitados. Entre os itens que os velhinhos esperam receber, estão produtos de higiene pessoal, roupas, que além de doadas aos idosos, são vendidos no bazar do asilo, e alimentos, principalmente café, maionese, macarrão, quirera, leite condensado, sagu e canjica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As doações podem ser feitas direto no asilo ou enviadas pelo correio, para o endereço Rua Barão do Rio Branco, número 440, Lapa, Paraná. O CEP de lá é 83750-000. Já as doações em dinheiro podem ser depositadas na conta do asilo, basta entrar em contato pelo telefone (41) 3622-3362 ou visite a página do asilo.

Com informações do PARANÁPORTAL

Fotos: Asilo São Vicente de Paulo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,778,819SeguidoresSeguir
23,895SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Elke Maravilha se foi e nos deixa um legado de alegria e amor pela vida e pelo Brasil

Infelizmente temos uma notícia triste, mas que é importante falar por conta da incrível pessoa que ela era. Morreu no Rio de Janeiro, no início...

Motorista de ônibus adoça dia de passageiros oferecendo balinhas

O motorista de ônibus José Ferreira dos Santos, 53 anos, o 'Ferreirinha', chama a atenção dos passageiros da linha (6062-51), no bairro Jardim Castro...

Escola inteira aprende língua de sinais para dar boas-vindas à primeira aluna surda

Os alunos de uma escola primária no estado norte-americano do Maine decidiram aprender a língua de sinais para receber adequadamente uma nova aluna. Morie...

Manicure trans faz unhas gratuitamente enquanto conscientiza clientes sobre a transfobia

A manicure e ativista trans Charlie Craggs, de 24 anos, do Reino Unido, teve uma ótima iniciativa para ajudar a combater a transfobia. Ouça a história da...

Policial é chamado para tirar homem que pedia comida em lanchonete, e surpreende com atitude

O policial comprou uma refeição para o pedinte, ao invés de escorraçá-lo da lanchonete.

Instagram

Um ano após campanha de Natal, asilo no Paraná continua recebendo doações e visitas 6