UnB inclui disciplina ‘Felicidade’ na sua grade curricular

A Universidade de Brasília (UnB) não promete fórmulas mágicas nem um passo a passo para os estudantes serem felizes na disciplina ‘Felicidade’, já que cada pessoa é feliz a sua maneira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia é que os estudantes exercitem autoconhecimento, afeto, cuidado, solidariedade e respeito às diferenças para lidarem com situações adversas do dia a dia. A matéria será ofertada na Faculdade da UnB no Gama (FGA), no próximo semestre, para alunos de qualquer curso de graduação as inscrições estão encerradas.

“Não é uma porta para a felicidade e não trará um modelo fechado para isso”, contou o professor Wander Pereira, responsável pelas aulas do curso, ao site Metrópoles. “A ideia é tentar entender como podemos ser felizes aqui, no campus, e o que fazer para evitarmos a infelicidade”.

A disciplina pode parecer inusitada – alguns podem até dizer que serve para nada –, mas ela já é uma realidade mundo afora. É o curso mais popular nas universidades americanas Yale e Harvard, duas das universidades de maior prestígio no mundo.

A disciplina Felicidade da UnB é inspirada nessas experiências e será baseada em encontros dialogados, atividades individuais e em grupo, leituras e construção coletiva de textos e outras vivências.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Pensar nessa disciplina é um desafio. Sabemos o que está começando, mas não o que vem depois. Estamos experimentando. Vamos usar técnicas consagradas pela psicologia que sugerem práticas para, por exemplo, se ter mais resiliência e saber lidar com frustrações e expectativas”, diz o professor Wander Pereira.

As aulas da disciplina ainda contarão com a participação de outros professores e profissionais de fora da universidade para debater questões específicas ou apresentar performances artísticas e culturais.

A avaliação dos estudantes vai levar em conta a participação ativa em sala de aula, além da produção e apresentação coletiva do produto final: uma ação concreta da felicidade, podendo ser em forma de música, dança, teatro, jogo, aplicativo, página na internet ou vídeo.

A nova matéria na grade curricular da UnB integra um conjunto de iniciativas da FGA voltadas para a saúde mental e a qualidade de vida no campus, incluindo o acolhimento dos calouros no início do semestre, eventos esportivos, festivais, apresentações artísticas e encontros pedagógicos.

crédito da foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,786SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O primeiro detento de SP a concluir curso superior dentro da prisão

Aos 55 anos, Venilton Leonardo Vinci é o primeiro detento do estado de São Paulo a concluir um curso superior no regime fechado, mais exatamente de...

Em menos de 48h, bate a meta da vaquinha do tatuador que maquia esposa tetraplégica

Com o dinheiro da vaquinha, Jimme vai poder contratar profissionais para darem uma melhor qualidade de vida à Dani e voltar a trabalhar, além de dar mais atenção às filhas pequenas.

Candidato super tímido sobe no palco do X-Factor tremendo, e surpreende a todos

O candidato do programa "X-Factor" britânico, chamado Christopher Maloney, provavelmente é o participante mais tímido que foi às audições durante todas as edições do programa,...

É aprovado projeto de lei que proíbe criação de animais em confinamento em SP

A Comissão de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) aprovou o projeto de lei 714/12, de autoria do deputado...

Este app aproxima pais com bebês prematuros que estão em incubadoras

O app permite que a mãe grave seus batimentos cardíacos e outros sons suaves. Um alto-falante especial na incubadora do hospital reproduz o áudio, que a tecnologia da Samsung "abafa" para melhor imitar o ambiente no útero.

Instagram

UnB inclui disciplina 'Felicidade' na sua grade curricular 2