UnB inclui disciplina ‘Felicidade’ na sua grade curricular

A Universidade de Brasília (UnB) não promete fórmulas mágicas nem um passo a passo para os estudantes serem felizes na disciplina ‘Felicidade’, já que cada pessoa é feliz a sua maneira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ideia é que os estudantes exercitem autoconhecimento, afeto, cuidado, solidariedade e respeito às diferenças para lidarem com situações adversas do dia a dia. A matéria será ofertada na Faculdade da UnB no Gama (FGA), no próximo semestre, para alunos de qualquer curso de graduação as inscrições estão encerradas.

“Não é uma porta para a felicidade e não trará um modelo fechado para isso”, contou o professor Wander Pereira, responsável pelas aulas do curso, ao site Metrópoles. “A ideia é tentar entender como podemos ser felizes aqui, no campus, e o que fazer para evitarmos a infelicidade”.

A disciplina pode parecer inusitada – alguns podem até dizer que serve para nada –, mas ela já é uma realidade mundo afora. É o curso mais popular nas universidades americanas Yale e Harvard, duas das universidades de maior prestígio no mundo.

A disciplina Felicidade da UnB é inspirada nessas experiências e será baseada em encontros dialogados, atividades individuais e em grupo, leituras e construção coletiva de textos e outras vivências.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Pensar nessa disciplina é um desafio. Sabemos o que está começando, mas não o que vem depois. Estamos experimentando. Vamos usar técnicas consagradas pela psicologia que sugerem práticas para, por exemplo, se ter mais resiliência e saber lidar com frustrações e expectativas”, diz o professor Wander Pereira.

As aulas da disciplina ainda contarão com a participação de outros professores e profissionais de fora da universidade para debater questões específicas ou apresentar performances artísticas e culturais.

A avaliação dos estudantes vai levar em conta a participação ativa em sala de aula, além da produção e apresentação coletiva do produto final: uma ação concreta da felicidade, podendo ser em forma de música, dança, teatro, jogo, aplicativo, página na internet ou vídeo.

A nova matéria na grade curricular da UnB integra um conjunto de iniciativas da FGA voltadas para a saúde mental e a qualidade de vida no campus, incluindo o acolhimento dos calouros no início do semestre, eventos esportivos, festivais, apresentações artísticas e encontros pedagógicos.

crédito da foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Internautas fazem vaquinha para pernambucana que sustenta família sozinha com salário de R$ 297

Maria das Dores, mais conhecida como “Doura”, tem 49 anos e hoje vive em Serra Talhada, Pernambuco, com o marido e os dois filhos....

Vídeo mostra grupo de chimpanzés vendo a luz do dia pela primeira vez em suas vidas

Um grupo de chimpanzés ficou décadas em um laboratório – alguns deles por 30 anos – e o flagrante é da primeira vez que...

Orangotango beija barriga da mulher grávida em jardim zoológico britânico

É comum ler ou ver por aí, demonstrações de que os animais tem grande instinto maternal ou paternal. E a cena que aconteceu, por...

Médico de 82 anos interrompe aposentadoria para atender pacientes de graça no ES

Um médico de 82 anos decidiu 'suspender' sua aposentadoria e voltou a trabalhar para ajudar indiretamente no combate ao novo coronavírus. "Ele me disse que...

Família reencontra cachorro perdido há 7 anos graças a ajuda de desconhecida

A cuidadora de animais Pepa Tenório estava dirigindo em uma autoestrada de Granada, na Espanha, quando encontrou um cachorro perdido à beira do acostamento. Sensibilizada...

Instagram

UnB inclui disciplina 'Felicidade' na sua grade curricular 3