Universidade atende pedido de mãe e entrega diploma em Braille para estudante deficiente visual

Na última sexta (9), a conclusão dos estudos da aluna do curso de Estética Taís Machado Araujo, 25 anos, ficou marcada por uma surpresa que emocionou a todos no Centro Universitário IBMR, campus Catete, no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Deficiente visual, ela recebeu o diploma em Braille.

Universidade atende pedido de mãe e entrega diploma em Braille para estudante deficiente visual 3
Foto: Clarissa Barbosa

A ação foi um pedido especial da mãe, Meg Machado, que acompanhou de perto a trajetória da filha no Ensino Superior ao longo dos três anos de aulas, porém, ela também não sabia que o documento havia sido providenciado.

De acordo com o Instituto Benjamin Constant (IBC), Taís deve ser a primeira aluna de Instituições de Ensino Superior do Estado do Rio de Janeiro a receber o diploma em Braille no momento da colação, cujo direito é Lei Estadual desde setembro de 2019.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Esse é o primeiro caso de diploma impresso em braile do qual tomamos conhecimento no Rio de Janeiro”, afirma João Ricardo Melo Figueiredo, diretor-geral da instituição ligada ao MEC.

Universidade atende pedido de mãe e entrega diploma em Braille para estudante deficiente visual 4
Foto: Clarissa Barbosa

[Nota da Redação]

Mulher trans cuida do irmão como se fosse um filho:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,092,098SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Youtuber de canal sobre beleza emociona seguidores ao revelar ser tetraplégica

Quantos vídeos ensinando a fazer maquiagem vocês já não viram no Youtube? A inglesa Jordan Bone poderia ser como muitas dessas meninas que falam sobre truques...

O Empreendedor que usa a moeda social para salvar o mangue

Nos anos 80 a situação da Vila Esperança, bairro construído em uma região de proteção ambiental cercada pelo mangue, na cidade de Cubatão-SP, era...

Americano paga dívida de almoço de 400 crianças para voltarem a comer na escola

"Achei isso tudo uma loucura. Comida é algo indispensável. As crianças não deveriam aprender a lidar com a fome [na prática]".

Instagram

Universidade atende pedido de mãe e entrega diploma em Braille para estudante deficiente visual 6