Universidade do Estado da Bahia cria cotas para transexuais

A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) deu um passo importante na sua política de inclusão de grupos que tradicionalmente não frequentam o ensino superior. A partir do ano que vem, a instituição oferecerá cotas para transexuais, travestis, quilombolas, ciganos, pessoas com deficiência e autismo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a novidade, haverá um acréscimo de 5% no total de vagas oferecidas na graduação e na pós-graduação para cada um desses grupos. A Uneb foi uma das primeiras universidades do país a adotar cotas sociorraciais, em 2002. As informações são do Correio Braziliense.

É importante lembrar que a medida não afetará as vagas destinadas para a ampla concorrência (60%) e as reservadas para candidatos negros (40%). Da mesma forma, a cota de candidatos autodeclarados indígenas, que segue a mesma lógica das novas cotas (sobrevagas), permanecerá inalterada.

Desde 2012, a legislação brasileira prevê sistema de cotas para alunos de escolas da rede pública e negros que concorrem a vagas em universidades federais e institutos federais de ensino.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2000, dois anos antes da sanção da Lei nº 12.711, que instituiu as cotas, apenas 2,2% da população negra tinham diploma de nível superior. Em 2017, a proporção chegou a 9,3%.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A expectativa da Uneb é ampliar o acesso ao ensino superior dos povos romani, popularmente conhecidos como ciganos. Isso porque a Bahia é o segundo estado com o maior número de acampamentos das três etnias que hoje vivem no Brasil (calon, rom e sinti), atrás de Minas Gerais, de acordo com a Associação Internacional Maylê Sara Kalí.

A pró-reitora de Ações Afirmativas da universidade, Amélia Maraux, destacou que a medida é inédita no país e tem como objetivo corrigir a exclusão desses povos. “A justificativa é a reparação histórica e política”, disse ela.

crédito da foto: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,557,067SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino de 5 anos arrecada dinheiro em seu aniversário para montar uma barraca de sorvetes e ajudar outras crianças

"Eu só quero ajudar muitos garotos para que eles possam comprar remédios", disse Haylen.

Como uma “simples” caixa de papelão está ajudando a diminuir a mortalidade infantil

"Queremos oferecer às novas mães soluções de baixo custo para salvar vidas ao combater as causas evitáveis de mortalidade infantil e materna", afirma Ladhani.

Vovô pintor deixa de vender suas obras de arte, neta cria perfil na net e vendas bombam

Essa história é literalmente um prato cheio de emoções para quem quer boas Razões para Acreditar. Seu Silas faz pinturas a dedo em pratos...

Menina cria ursinho que esconde soro e acalma crianças durante medicação

Quando tinha apenas 7 anos, Ella Casano foi diagnosticada com Trombocitopenia Primária Imune (TPI), uma doença sanguínea autoimune que causa a diminuição do número das...

Menina com paralisia cerebral começa a andar e comemora em vídeo emocionante

Maya tem paralisia cerebral e por isso deu seus primeiros passos com 4 anos e dez meses.

Instagram