Universidade cria “sala de filhotes” para melhorar desempenho de seus alunos

Um estudo australiano realizado pelo Instituto de Pesquisa Médica Baker revelou que donos de animais de estimação são menos propensos a sofrer com estresse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi com isso em mente que a University of Lancashire, na Inglaterra, visando melhorar a qualidade de vida de seus estudantes, disponibilizou uma “sala de filhotes”.

Em parceria com a instituição de caridade Guide Dogs após doar £ 1,50 (cerca de R$ 7), os estudantes podem entrar nessa sala repleta de animais e passar algum tempo lá.

Todos os cãezinhos do projeto estão sendo treinados para se tornarem cães guia, ou seja, além de ajudar os alunos a desacelerarem e obterem melhores resultados, também ajuda a socializar esses animais.

Outro estudo que motivou esse projeto foi o realizado no Japão,  mostrando que as pessoas se saíam 44% melhor em testes após passar algum tempo com filhotes de cães ou gatos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Abaixo você pode ver o vídeo com uma iniciativa semelhante de 2012 na Dalhousie University, no Canadá:

puppy1a puppy2a

Fonte: Hypeness

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,502,658SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem vira ‘manequim’ do brechó da namorada para que ela não sofra assédio

Não era para ser assim, mas parabéns ao namorado pela iniciativa.

Casal de 85 e 89 anos namora todos os dias na fronteira entre Alemanha e Dinamarca

Um casal de idosos octogenários provou que o amor é capaz de transpor quaisquer fronteiras – inclusive as físicas. Inga Rasmussen, 85 anos, vive na...

No Zoológico do futuro, não há gaiolas e os animais circulam livremente

Zoológicos são destinadas para os amantes dos animais, e ainda muitas pessoas que amam os animais não amam zoológicos. Enquanto é fascinante ver tigres...

Após perder esposa, idoso de 75 anos aprende balé e passa em exame

Em janeiro de 2015, Bernard Bibby perdeu a esposa após 55 anos de casamento. Com a morte de Celia, o idoso de 75 anos...

Voluntários batem papo com idosos e ouvem de receita à lição de vida, em Campo Grande (MS)

E os idosos sentiram muito com esse isolamento social, não é verdade? Sendo o principal grupo de risco para a Covid-19, sair de casa...

Instagram