Universidade Federal de Roraima (UFRR) tem o primeiro reitor indígena do Brasil

Doutor em Agronomia, Jefferson Fernandes do Nascimento, 51 anos, estará à frente da universidade nos próximos quatro anos (2016-2020).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O novo reitor será importante para ampliar o acesso dos povos indígenas no ensino superior do país, na graduação e pós-graduação. “Queremos, com muito diálogo e com uma gestão compartilhada, trabalhar para ampliar o ensino superior para os povos indígenas”, afirma o reitor.

A UFRR fica em uma região que atende majoritariamente estudantes vindos de escolas públicas e indígenas. O Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena da universidade oferece cursos de gestão em saúde coletiva, gestão territorial e licenciatura intercultural.

Um outro dado importante é que o curso de medicina da universidade foi o primeiro a adotar o sistema de cotas e reservar um número de vagas para os povos indígenas.

Leia também: Para não deixar seu idioma ser extinto, indígena de 81 anos aprende a usar o computador

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

via [GELEDÉS]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,857,801SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ciclista encontra cachorro desnutrido na estrada e resolve adotá-lo. Agora, eles viajam juntos!

Quem já resgatou algum animal perdido sabe que não tem dia e nem local pra isso. E foi o que aconteceu com um casal...

Voluntária leva aulas de Yoga para mulheres da periferia de São Paulo e eleva autoestima

No extremo Sul de SP, Sophia Bisilliat, conhecida pelo trabalho no extinto Carandiru, resgata a autoestima de mulheres através da yoga.

De babá à professora: conheça a história inspiradora da Veronice

A baiana decidiu dar uma guinada em sua vida e ao emprego de babá somou a faculdade de Pedagogia.

12 Jovens infratores ganham nova chance em Senador Canedo (GO)

O ‘Programa Jovem Sustentável Aprendiz’ oferece a jovens que cumprem medida socioeducativa a oportunidade de dar um rumo melhor para suas vidas.

Faber-Castell amplia linha de produtos com diferentes tons de pele

A Faber-Castell lançou em 2018 uma linha de lápis chamada Caras&Cores que possuía seis lápis com diferentes tons de pele. Agora, a marca estende a...

Instagram