Universitária conclui graduação e recebe o diploma junto com cão de apoio

A fidelidade de um cão não tem fim. Hero, o cão de apoio da cadeirante Bridget, é mais do que um bichinho de estimação: ele ajuda sua dona nas tarefas cotidianas com mais de 40 comandos, desde pegar objetos de estudo até empurrar a garota pelas ladeiras de sua universidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No dia da graduação, a alegria de Bridget foi compartilhada com o seu herói: a própria instituição reconheceu o mérito do cão, e Hero compareceu vestido de beca e capelo na cerimônia de conclusão de seu curso.

Na foto Bridget escreveu: “Este é o meu cão de apoio, ele se chama Hero, ele se formou junto comigo com o grau de Mestre na Universidade de Illinois em Urbana-Champaign. Hero executa mais de quarenta comandos para me ajudar. Ele gosta de pegar objetos como pastas, envelopes, canetas, minhas muletas, etc. Ele também apaga as luzes, abre portas, e ele até empurra minha cadeira de rodas nas rampas! Eu não poderia ter ido para a faculdade sem ele.”

1C7391275-224215-568416066523562-2008597631-n.blocks_desktop_medium hero-cane-laureato-2

Fonte: A Boa Notícia do Dia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,256,096SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Papa Francisco convida e recebe transexual no Vaticano

O Papa Francisco recebeu, em audiência privada, o transexual espanhol Diego Neria Lejarraga, 48 anos, e sua namorada, informou o jornal Hoy. O encontro teria...

Garoto ajuda funcionário a recolher caixas de bombom do chão e dá exemplo de generosidade

Surpreso, o funcionário ofereceu ao garoto uma caixa de bombom para recompensar sua generosidade.

Filha aceita gerar o próprio irmão para realizar o sonho da mãe

“Eu vi o sofrimento dela. A cada consulta, ela saía mais frustrada. Vi ali a oportunidade de provar o meu amor.”

Casal que adotou bebê com síndrome de down garante que ela é a alegria da casa

O casal Érika Benetti, 45 anos, e Carlos Benetti, 33 anos, estavam desde 2009 na fila de espera para adoção na Vara da Infância e Juventude. Quando,...

Em momento de desespero, enfermeira inventa “técnica da mãozinha” e conforta paciente com Covid-19

"Pensa que você está segurando na mão de Deus". Foi com essas palavras que a enfermeira Lidiane Melo, de 37 anos, pediu para uma...

Instagram