Universitários de Juiz de Fora levam informações sobre a prevenção do câncer de mama para moradoras em situação de rua

A professora Tâmara Lis, do curso de Comunicação Social e de Enfermagem do Centro Universitário Estácio Juiz de Fora, propôs um desafio aos seus alunos. Eles deveriam pensar como a comunicação poderia ser utilizada para promover a cidadania e garantir dignidade a grupos historicamente marginalizados. Esse desafio virou uma iniciativa linda quando os alunos uniram o aprendizado teórico à prática, na noite da última quarta-feira (25). Eles levaram informações sobre a prevenção ao câncer de mama para cerca de 20 mulheres atendidas pela Casa de Passagem Para Mulheres em Situação de Rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os alunos do curso de Publicidade e Propaganda levaram informações às mulheres de forma objetiva, através de panfletos, enquanto os alunos de Enfermagem utilizaram o “mamamiga”, um simulador da mama humana feminina, no qual é possível perceber com maior facilidade as possíveis alterações encontradas na mama.

“Começamos a pensar em como poderíamos aplicar o aprendizado da sala de aula na prática. Como estamos em plena campanha do Outubro Rosa, mês em que tanto se fala sobre a importância da prevenção ao câncer de mama nos veículos de comunicação, percebemos que essas informações não chegam às mulheres em situação de rua. Então resolvemos focar neste público, após conversarmos com a direção do Hospital Ascomcer e escolhemos a Fundação Maria Mãe, pois as mulheres que frequentam estão na idade de risco, que é entre 35 e 60 anos”, contou Bruno Reis, estudante do curso de Publicidade.

Bruno também contou que as mulheres foram receptivas à palestra e demonstraram um interesse muito grande pelas dicas passadas, pois muitas delas não sabem ler e desconheciam as informações passadas.

O estudante afirma que já agendou para o mês de novembro uma nova visita à fundação para continuar desenvolvendo outros projetos comunitários.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Daniel Campos/Estácio

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,642,968SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal doa valor dos presentes do casamento para hospital e emociona convidados

Quando casamos, além da festa, recebemos dos convidados presentes, certo? Mas, o casal Diego Grion Nunes, 36 anos, e Amanda Carolina de Oliveira Grion,...

Universitários do Pará desenvolvem app que ajuda cegos a saberem que ônibus pegar

Pegar um ônibus pode até parecer uma tarefa simples do cotidiano, mas para quem é deficiente visual, não! Pensando nisso, alguns alunos que estudam...

Homem explica como conseguiu diminuir em 79% a violência juvenil em Boston

O homem por trás do programa "Boston Miracle", o Reverendo Jeffrey Brown, começou como um jovem pastor perplexo de ver seu bairro em Boston desmoronar...

Cego desde os 6 anos, homem reflete sobre a falta de acessibilidade no Brasil

O Marcos Lima foi o primeiro cego brasileiro a esquiar, mas encontra dificuldades para pegar um ônibus no Rio de Janeiro.

De Rondônia para o mundo: Ex-servente de pedreiro vira modelo internacional

Tudo começou por causa de uma brincadeira entre amigos. Gleiderson Rodrigues Gasparrini, 22 anos, mudou-se com a família da cidade de Ji-Paraná (RO) para...

Instagram