[UPDATE VÍDEO] Campanha anti-racismo mostra ofensas próximo de casa dos autores

A ONG Criola, do Rio de Janeiro (RJ), não vai deixar barato o racismo praticado na internet. A campanha “Racismo virtual. As consequência sociais” selecionou 50 comentários racistas postados nas redes sociais e produziu placas e outdoors com as frases.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ONG usou ferramentas de rastreamento e conseguiu localizar a cidade de origem dos comentários e o endereço de onde as mensagens foram escritas. A partir dessas informações, os organizadores procuram espaços publicitários próximos ao local onde vivem os seus autores.

Em Porto Alegre, foram colocadas placas na Praça Comendador Souza Gomes, no bairro Tristeza, e nas avenidas Brasil, Belém, Aureliano de Figueiredo Pinto e Carlos Barbosa. “Nossa expectativa não é ver o racista na cadeia, mas que o racismo não aconteça”, explica a médica carioca Jurema Werneck, 53 anos, integrante da ONG Criola ao G1.

O objetivo da campanha é mostrar que o insulto virtual pode voltar para pessoa que o pratica. Além da capital gaúcha, cidades como Rio de Janeiro, Americana (SP), Vila Velha (ES) e Feira de Santana (BA) já têm peças exibidas em outdoors. Guarulhos, em São Paulo, deve ser o próximo município contemplado pela campanha. “Temos frases para colocar em todo o país, infelizmente”, diz entristecida Jurema.

[UPDATE]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Saiu o vídeo contando um pouco do que aconteceu depois que os outdoors foram exibidos:

 ong_criola_campanha

Criola :: Espelhos do racismo from BossaNovaFilms on Vimeo.

Fotos: Reprodução/Criola

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,145,419SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Depois de “falir”, cozinheira prova sua capacidade de resiliência e leva quentinhas a lugares que nunca imaginou

A gastronomia é a grande paixão da chef pernambucana Maria da Conceição Melo, de 48 anos. Mas nem sempre foi assim, quando mais jovem...

Após ter cadeira de rodas furtada, estudante de jornalismo ganha 3 e doará 2

José Silva, 54 anos, teve sua cadeira de rodas furtada no início do mês passado, em Juazeiro do Norte (CE). Ele emprestou a cadeira de...

Uma tarde, um pai, um filho e um time-lapse que, de tão simples, hipnotiza e encanta

Um pai, com a intenção de monitorar e/ou apenas registrar a tarde que teve com seu filho, resolveu gravar tudo e transformar o material em um time...

Garoto de 13 anos faz trabalho de jardinagem e vende Xbox para comprar carro novo para a mãe

Não são muitos os garotos de 13 anos que podem comprar um carro, muito menos um carro para a mãe - mas é exatamente...

Cão empurra todos os dias a cadeira de rodas do seu dono com deficiência

O chinês Laoma Yen sofreu um acidente de trânsito quando era pequeno que o deixou na cadeira de rodas, paralisado da cintura para baixo. Aos 86...

Instagram