OMS aprova o uso emergencial da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19

A lista de vacinas autorizadas pela OMS foi atualizada nesta segunda-feira (15), com a inclusão da AstraZeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford (EUA) e produzida nos laboratórios da Coreia do Sul e da Índia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A liberação para uso emergencial aconteceu poucos dias após assessores da organização recomendarem a vacina para idosos acima de 65 anos. A AstraZeneca também se mostrou bastante eficiente contra as variantes do novo coronavírus, como a sul-africana, a britânica ou a brasileira.

Vacina de Oxford foi liberada para uso emergencial
Foto: OLIVIER CHASSIGNOLE / POOL / AFP

Covax Facility

A AstraZeneca ainda fará parte da Covax Facility, uma aliança da OMS que fará uma distribuição igualitária de doses das vacinas autorizadas entre os países com campanhas de vacinação em aberto.

O Brasil deve receber 1,6 milhão de doses da vacina no primeiro trimestre deste ano, número que corresponde a 15% da quantia prevista no primeiro lote.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vacina da Oxford/AstraZeneca tem 76% de eficácia depois de 22 dias da aplicação da 1ª dose
Vacina da Oxford/AstraZeneca tem 76% de eficácia depois de 22 dias da aplicação da 1ª dose. Foto: divulgação AstraZeneca

Oxford/AstraZeneca no Brasil

A AstraZeneca se tornou a principal aposta do nosso governo contra a Covid-19. Uma das características relevantes da vacina é a sua praticidade de armazenamento, o que inibe a necessidade de grandes estruturas.

A vacina é indicada a países em desenvolvimento por seu baixo custo de compra por dose e pela facilidade de transporte logístico, como o fato de poder ser armazenada em temperatura de geladeira.

Frasco da vacina Oxford/AstraZeneca contra Covid-19 (REUTERS/Pilar Olivares)
Frasco da vacina Oxford/AstraZeneca contra Covid-19 (REUTERS/Pilar Olivares)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) ainda recebeu do governo federal, material suficiente para fabricação de até 100 milhões de doses em solo nacional. A fundação estima que o primeiro milhão já seja entregue agora em março.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E que reforço, hein? Que consigamos ver nosso povo todo vacinado logo!

Fonte: O Estadão e Infomoney

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,811,797SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Dono de ferro-velho dá bicicleta a menino que vendia latinhas

Rhian, 10 anos, foi lá vender seis sacos de latas e arrecadou R$21. Ele juntava dinheiro para consertar sua bicicleta estragada. "Coé mototáxi, me cobra...

Para construir primeira Biblioteca da Diversidade, bibliotecários fazem calendário sensual

Bibliotecários e estudantes do Brasil todo querem constuir uma nova biblioteca em Brasília com foco na diversidade sexual e religiosa, e para isso resolveram...

Empresa oferece a mães colaboradoras sala de amamentação

Iniciativa integra projetos voltados às mães da Kimberly-Clark, com direito a amamentarem seus filhos neste espaço até os 12 meses e ainda levar acompanhante em viagens a trabalho com tudo pago pela companhia.

“Big Dog Brasil”: Prefeitura de Novo Hamburgo faz campanha de adoção inspirada no BBB

Uma campanha genial da Prefeitura de Novo Hamburgo (RS) busca aproveitar a audiência de estreia do BBB 22 e sua enorme repercussão nas redes...

Instagram

OMS aprova o uso emergencial da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 2