Adolescente que sofreu ataques racistas nas redes recebe apoio de internautas

0
1787
Montagem com jovem vítima de racismo
Nicole expôs na internet comentários racistas que recebia nas redes sociais sobre seu cabelo. Foto: reprodução/TikTok Nicole Cristina

A adolescente Nicole Cristina, de apenas 15 anos, ficou conhecida na internet após uma série de episódios tristes de racismo. A jovem do RJ compartilhou comentários preconceituosos sobre seu cabelo crespo, precisando explicar que não seria descuido – algo que sequer deveria ser necessário esclarecer. 😤

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O desabafo da jovem viralizou e trouxe a público a realidade da família de Nicole. Ela divide a casa com a mãe, Ana Cristina, 35 anos, o pai Thiago, 34 anos, e outros cinco irmãos de 11 meses a 2 anos em uma comunidade dominada pelo tráfico na capital do RJ.

A garota e sua família moram em um lugar extremamente perigoso e nós podemos mudar essa realidade. Clique aqui e contribua com a vaquinha da VOAA para apoiá-los!

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes)

Além de morar em uma região carente, a família de Nicole passa por muitas necessidades. Thiago é o único que trabalha na casa e sustenta a família com um salário mínimo de estoquista, o que faz com que as contas não fechem no final do mês.

Apesar de todas as dificuldades, a jovem Nicole encontra no esporte uma maneira de aumentar sua autoestima. A carioca já está na faixa verde de caratê e manda muito bem nas competições que participa!

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Nicole Cristina karateca (@nicolekarateca15)

Com a vaquinha da VOAA, Nicole e sua família poderão encontrar uma casa mais segura para viverem. Além disso, o valor arrecadado também ajudará a família a se alimentar e pagar outras contas.

Não deixe de apoiar esta história! Nicole conta com a sua colaboração para uma vida melhor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.