Bate meta da vaquinha para levar água limpa para aldeia no Acre

Quando recebemos a notícia de que as crianças de uma aldeia no Acre estavam morrendo pelo consumo de água contaminada, ficamos devastados! A solução para ajudar essas crianças e suas famílias da aldeia Novo Natal, da etnia Kaxinawá, que fica às margens do Rio Jordão, era a construção de um poço no valor de R$ 16.900.  

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

À frente desta ação, a fundadora do Instituto A Nossa Jornada (que já falamos aqui), Renata Quintella, criou o projeto “Seu amor rega Novo Natal” e nós do Razões abraçamos esta missão. Criamos a vaquinha na VOAA e graças à solidariedade de todos vocês, conseguimos bater a meta!

Em breve, atualizaremos sobre o andamento deste lindo projeto!

indígenas aldeia acre
A Nossa Jornada já realizou outros projetos para melhorar a qualidade de vida dos povos indígenas. Foto: Reprodição/Instituto A Nossa Jornada

A aldeia Novo Natal

Vivem na aldeia Novo Natal 60 pessoas que necessitam das mais básicas condições de vida e moradia.  Tem como liderança Ozélia Sales Bismani.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa aldeia tem em sua história uma série de dificuldades, a começar pela escravidão nos seringais, a qual seus habitantes foram submetidos, antes da demarcação de suas terras, em 1984.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por voaa – a vaquinha do razões (@voaa_vaquinhadorazoes) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por ser mulher, líder indígena não consegue recursos para a aldeia 

A Ozélia Bismani Kaxinawá, é uma das poucas lideranças indígenas femininas no Brasil. Sozinha, ela luta pelo seu povo, mas, por ser mulher, a sua voz não tem força. Enquanto as aldeias com líderes masculinos conseguem ter mais visibilidade, ela sofre com a situação precária que as famílias da Novo Natal vivem. Ozélia pede socorro pelas crianças e suas famílias.

líder indígena aldeia acre
Ozélia Bismani Kaxinawá: mestra dos kene, parteira, cantadora na festa do nixpu pima e conhecedora de diversas narrativas Huni Kui, das dietas referentes à formação da pessoa e do uso de plantas medicinais. Foto: Reprodição/Instituto A Nossa Jornada

Com a vaquinha, levaremos água potável, mas essas famílias necessitam de outras ajudas com alimentação, roupas, atendimento médico e muito mais!

Se você tem interesse de ajudar, entre em contato com o Instituto A Nossa Jornada. Toda ajuda é muito bem-vinda!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E nós, continuamos acreditando!

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,772FãsCurtir
1,921,710SeguidoresSeguir
9,388SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Instagram