Internautas fazem vaquinha para ajudar casal de idosos que sustenta sozinho os 16 netos

Seu Gilberto, 54 anos, e dona Ana, 52 anos, são coletores de recicláveis há mais de 30 anos, em Sorocaba (SP). É com a coleta que eles sustentam os 16 netos pequenos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Criamos uma vaquinha na VOAA para construir uma casa pra família e suprir as principais necessidades como alimentação. Clique aqui e contribua.

Dezesseis, é isso mesmo, com o dinheiro da reciclagem, o que não é muita coisa! Eles vivem em um “puxadinho” em situação de extrema pobreza num terreno que foi doado.

O teto tem buracos, as paredes estão rachadas, não tem piso e nem sistema de esgoto: apenas fossas abertas no quintal.

homem quarto cheio colchões espalhados
Foto: Fábio Rogério/Jornal Cruzeiro do Sul

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nem todo mundo tem um caminha, precisam dormir juntos. Faltam as coisas mais básicas que você pode imaginar, como materiais de higiene e roupas de cama e colchão.

Voluntários conheceram história dos idosos quando um deles revirava o lixo procurando comida

A moradora Priscila Carriel contou que conheceu a história da família através de uma amiga, Ana Carolina Piccini, que viu dona Ângela coletando recicláveis e procurando comida num contêiner.

Elas e um grupo de amigos abraçaram a causa para a construção de uma casa para a família. Clique aqui para doar.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Família Camargo (@ajudeafamiliacamargo) em

Pais das crianças são ausentes

Os pais das crianças moram no mesmo terreno dos idosos em “puxadinhos” bem pequenos. Eles e as crianças, todos, comem na casa do seu Gilberto e da dona Ana.

Ou seja, os avós também sustentam os responsáveis pelos netos.

“As crianças são bem cuidadas, elas frequentam a escola regularmente (tanto que recebem Bolsa família) e são tratadas como prioridade pelos avós”, afirmou Priscilla.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela confirmou também que o CRAS passou a acompanhar a família.

“Apesar de todos trabalharem, é muita gente e reciclagem é um dos setores mais afetados pela pandemia”.

homem olhando telha barraco
Foto: Reprodução

Casa dos idosos precisa ser grande

Para dona Ângela cozinhar, o marido improvisou uma lona na “garagem”. Tem somente um fogão, uma geladeira que só funciona o freezer, e um tanque.

“Agora eles não estão passando fome, nem frio, conseguimos arrecadar com os amigos.”

banheiro paredes sem reboco barraco
Foto: Reprodução

colchões cobertas espalhados barraco
Foto: Reprodução

A casa não tem estrutura e o terreno não é plano

paredes casa sem reboco área serviço
Foto: Reprodução

paredes casa sem reboco área serviço
Foto: Reprodução

Que situação, gente. 😢

Acompanhem essa história pelo perfil oficial @ajudeafamiliacamargo.

Vamos ajudar a construir uma casa bem grande pra essa família? Clique aqui e faça sua doação.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal de cadeirantes monta sala de aula em garagem e alfabetiza crianças em SP

A perda do movimento das pernas e a limitação física não impediram Sônia Soranzo, 60 anos, e Jeferson Andrade, 55 anos, a seguir adiante...

Cães de rua salvam vida de bebê abandonado em beco na Argentina

A equipe médica responsável pelo recém-nascido determinou que ele tem 38 semanas e pesa 2,6 quilos.

Menino de 13 anos vende bolos para ajudar família e sonha abrir confeitaria em RO

Uma ideia sem compromisso acabou gerando curiosidade. Da curiosidade, a iniciativa que se transformou em negócio: aos 13 anos, o jovem Nilson Júnior gere...

Toque o botão do [email protected]#$-se e seja feliz!

Como ter uma vida dita "normal" depois que você é diagnosticado com Mal de Parkinson? Simples (e nos desculpem a expressão): ligando o botão...

Pai faz curso para cortar cabelo de filho autista que tem medo de ir ao salão

Ao ver seu filho Augusto, que é autista, ficar traumatizado depois de ir ao salão de cabeleireiro, o representante comercial Michael Kratina, 32, dedicou...

Instagram